https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/issue/feed Educitec - Revista de Estudos e Pesquisas sobre Ensino Tecnológico 2022-01-11T09:37:53-04:00 Educitec - Revista de Estudos e Pesquisas sobre Ensino Tecnológico educitec.revista@ifam.edu.br Open Journal Systems <p> </p> <p>A Educitec - Revista de Estudos e Pesquisas sobre Ensino Tecnológico, é um periódico científico com acesso livre, vinculado ao Programa de Pós-Graduação Profissional de Ensino Tecnológico (PPGET), do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (IFAM).Tem como objetivo, contribuir com a disseminação da ciência e da prática aplicada ao ensino, ampliando o espaço destinado à produção científica, com foco em temas relacionados ao ensino tecnológico. Sua missão é divulgar os resultados de pesquisas sobre problemas teóricos e empíricos em diferentes níveis da Educação Básica e Superior, em espaços formais e não formais de ensino.</p> <p> </p> <p> </p> https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/article/view/1706 Proposta de um Modelo Heurístico para Avaliação de Aplicativos Móveis no Ensino de Química 2022-01-11T09:37:53-04:00 John Wesley Grando wesleygrando@gmail.com Maria das Graças Cleophas maria.porto@unila.edu.br <p>Esta pesquisa apresentou uma proposta para avaliação de aplicativos móveis voltados para o Ensino de Química, por meio de um Modelo Heurístico. Para tanto, discutiu-se sobre três pilares fundamentais relacionados a essa avaliação: i) Aprendizagem Móvel no Ensino de Química, ii) Níveis de Compreensão do Conhecimento Químico e iii) as Heurísticas de Usabilidade. A partir das discussões, foi proposto um modelo baseado nas heurísticas, composto por doze questões que podem auxiliar professores, alunos e desenvolvedores de aplicativos durante a análise ou proposição de aplicativos móveis que estejam amparados à luz do conhecimento químico.</p> 2022-01-07T00:00:00-04:00 Copyright (c) 2022 https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/article/view/1799 O PROEJA no IF Sudeste MG – Campus Juiz de Fora 2022-01-11T09:36:51-04:00 Elimar Pimentel Soares elimarpimentelsoares@yahoo.com.br Paula Reis Miranda paula.reis@ifsudestemg.edu.br Adriano Reder de Carvalho adriano.carvalho@ifsudestemg.edu.br <p>O presente trabalho teve como objetivo conhecer a formação e as representações identitárias dos docentes em relação ao Curso Técnico em Secretariado na Modalidade PROEJA do IF Sudeste MG – <em>Campus</em> Juiz de Fora. A pesquisa foi realizada entre setembro e novembro de 2019 e consistiu na realização de entrevistas, gravadas em áudio, com seis professores do Curso. O roteiro das entrevistas abordou temas relacionados à formação docente e suas representações identitárias acerca do PROEJA, como modalidade de ensino capaz de promover uma inclusão efetiva, às dificuldades vivenciadas, metodologias e recursos didáticos utilizados, às características gerais dos discentes e à evasão escolar. As respostas foram transcritas e realizou-se a análise de conteúdo. Os professores não possuem formação específica para PROEJA, no entanto, apresentam ideias claras em relação à modalidade integrada de ensino. Conhecem seu público e se reinventam, tecendo estratégias de aproximação com os discentes, que dê condições para a construção do conhecimento para a vida. As múltiplas metodologias adotadas são desenvolvidas de forma independente. Reconhecem que a evasão deva ser combatida. Afirmaram existir problemas relacionados ao currículo integrado, principalmente, à carga horária e indicaram a necessidade de ajudar o estudante a custear seu trajeto na instituição. Nesse contexto, o estudo pode contribuir para que a instituição repense suas ações e políticas educacionais relacionadas a essa modalidade de ensino, fomentando a permanência dos discentes e combatendo a evasão, promovendo momentos de trocas de experiências entre os docentes, criando oportunidades de formação continuada e discussões acerca do currículo integrado.</p> 2022-01-07T00:00:00-04:00 Copyright (c) 2022 https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/article/view/1735 Avaliação da aprendizagem 2022-01-11T09:37:35-04:00 Ronegildo de Souza Silva ronegildo.silva@ifac.edu.br José Marlo de Araújo de Azevedo jose.azevedo@ifac.edu.br Hellen Sandra Freires da Silva Azêvedo hellenfreires@gmail.com <p>A avaliação da aprendizagem, mesmo sendo uma ação constante no trabalho docente, sempre constituiu um desafio aos professores. Na Educação Profissional e Tecnológica, a prática avaliativa é ainda mais desafiadora, uma vez que, nessa modalidade de educação, trabalham docentes licenciados, bacharéis e tecnólogos. Essa pesquisa objetiva apresentar o produto educacional em formato de curso de formação continuada na área de avaliação da aprendizagem e discutir a avaliação realizada pelos docentes desse curso que versou sobre as concepções e práticas avaliativas, fruto de uma pesquisa de mestrado sobre formação continuada de docentes na educação profissional. Esse produto em forma de curso foi apresentado aos docentes em um encontro virtual realizado através do <em>Google Meet.</em> A pesquisa é de abordagem qualitativa. Para a coleta de dados utilizou-se questionário semiestruturado e a interpretação foi realizada com base na Análise de Conteúdo. Como resultado verificou-se uma boa aceitação do curso pelos docentes, sendo apontado como potencialidades do curso os encontros III e IV por terem um caráter prático, a linguagem adotada, a literatura utilizada para as discussões e o uso de diferentes recursos em um mesmo encontro, como textos, vídeos e slides. Como fragilidades foram apontados, o longo tempo dos encontros I e II, por serem muito teóricos, a necessidade de mais espaço para relatos de experiência, e a ausência de previsão de acompanhamento aos docentes após a realização do curso. Conclui-se que o curso apresenta potencialidades, podendo contribuir com a formação docente, visando maior qualificação e aprimoramento quanto aos processos e práticas avaliativas.</p> 2022-01-07T00:00:00-04:00 Copyright (c) 2022 https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/article/view/1771 Atividades Teórico-Práticas de Aprofundamento 2022-01-11T09:37:16-04:00 Kennya Ferreira Silva Miranda kennyaferreira.kf@gmail.com Gilmara Teixeira Barcelos Peixoto gilmaratbp@gmail.com Arilise Moraes de Almeida Lopes ariliselopes@gmail.com <p>O objetivo deste artigo é apresentar os resultados da experimentação de um sistema via <em>web</em> que possibilita a reflexão de licenciandos sobre as Atividades Teórico-Práticas de Aprofundamento (ATPA). As ATPA têm como propósito o enriquecimento da formação inicial por meio da abordagem de temas não estudados nos componentes curriculares da matriz, bem como o aprofundamento de outros. Essas atividades devem ser desempenhadas por licenciandos, como previsto na Resolução Nº 2 de 1º de julho de 2015, que determina o cumprimento da carga horária mínima de 200 horas. Assim é importante que os alunos reflitam sobre as atividades realizadas de modo que elas não sejam cumpridas apenas por determinação da resolução e, nesse sentido, Tecnologias Digitais podem servir como suporte. Nesse contexto, foi desenvolvido um Sistema via <em>web</em> que, além de apoiar o armazenamento, discussão e avaliação das ATPA, possibilita o registro da relação entre a atividade realizada e a licenciatura em curso, por meio de um relatório. A pesquisa foi realizada com 35 licenciandos do 5.º e 8.º períodos do curso de licenciatura em Letras, do Instituto Federal Fluminense <em>campus</em> Campos Centro, e teve uma abordagem qualitativa. Os relatórios postados no sistema foram os instrumentos utilizados para a coleta de dados. Constatou-se que o Sistema ATPA, com os registros dos relatórios, contribuiu para que os alunos refletissem sobre as ATPA de que participaram, sendo possível estabelecer a relação com a licenciatura em curso e, consequentemente, enriquecer a formação inicial docente. </p> 2022-01-07T00:00:00-04:00 Copyright (c) 2022 https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/article/view/1937 Os desafios do Ensino na Educação Profissional 2022-01-11T09:32:00-04:00 Ana Cláudia Ribeiro de Souza ana.souza@ifam.edu.br Michele Waltz Comarú michele.comaru@ifrj.edu.br <p>Muito se discute sobre os chamados novos cenários de aprendizagem, tanto no que se refere à sala de aula, ao cenário formal da educação, como também ao cenário não-formal, no âmbito do mundo do trabalho, no caso da educação profissional. Neste artigo, as editoras deste dossiê temático, Ensino e Educação Profissional, apresentam os mais diversos artigos, ora publicados neste início do ano de 2022. Desse modo, os artigos são identificados pelo seus títulos e autores. Ensino e Educação Profissional são conceitos que se entrelaçam nos Institutos Federais de Educação, Profissional e Tecnológica, e diversas das pesquisas deste Dossiê encontram neste lócus o seu espaço de discussão. Criar caminhos diferentes, desenvolver práticas pedagógicas para que os processos de aprendizagem sejam cada vez mais atrativos, no entanto mais do que isso, condizentes com a realidade posta na atualidade, e efetivos em sua totalidade é o grande desafio da pesquisa em Educação Profissional hoje, e que é aqui apresentado. Desejamos ótima leitura a todos os leitores.</p> 2022-01-07T00:00:00-04:00 Copyright (c) 2022 https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/article/view/1829 O ensino de Arquitetura Inclusiva no contexto da Educação Profissional e Tecnológica 2022-01-11T09:36:12-04:00 Larissa Pereira Fraga arq.larissa.fraga@gmail.com Rony Cláudio de Oliveira Freitas ronyfreitas@ifes.edu.br Poliana Daré Zampirolli Pires poliana.pires@ifes.edu.br <p>Este trabalho apresenta-se como resultado da pesquisa apresentada ao Programa de Pós-graduação em Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT), intitulada “Ensino de Arquitetura Inclusiva para a Educação Profissional e Tecnológica: uma experiência didática de inclusão social”. A finalidade desta investigação foi analisar a implementação de um projeto de extensão na modalidade à distância de ensino de Arquitetura Inclusiva, destinado aos alunos de cursos Técnico em Edificações Integrado ao Ensino Médio e de Arquitetura e Urbanismo, do Instituto Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica do Espírito Santo (Ifes). Com a execução da ação extensionista, foram analisadas as atividades pedagógicas projetuais desenvolvidas pelos sujeitos participantes e a aprendizagem colaborativa a partir do uso das ferramentas educacionais da plataforma <em>Moodle</em>. De natureza qualitativa, a abordagem metodológica tem como pressuposto a Engenharia Didática, utilizando como instrumentos para produção de dados as observações do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) e a aplicação de questionário de reação online. Durante o processo investigativo, foram articulados diálogos com Cohen, Duarte, Dorneles, Clementino e Artigue, e, como consequência, foram produzidos dados que subsidiaram as conclusões a respeito das contribuições do fenômeno didático na construção de práticas pedagógicas integradoras, emancipatórias e inclusivas, destinadas à formação de profissionais comprometidos com a inclusão a partir do autorreconhecimento e da compreensão das especificidades humanas.</p> 2022-01-07T00:00:00-04:00 Copyright (c) 2022 https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/article/view/1886 Análise do impacto da Política de Assistência Estudantil na permanência dos(as) estudantes do PROEJA no Instituto Federal do Amapá – Campus Santana 2022-01-11T09:34:35-04:00 Lília Campos dos Santos lilia.santos@ifap.edu.br <p>Esse artigo teve como principal objetivo analisar o impacto da assistência estudantil na permanência dos(as) estudantes do PROEJA, no Instituto Federal do Amapá. O tipo de pesquisa, quanto ao objetivo, foi uma pesquisa descritiva e quanto ao procedimento técnico, configurou-se em estudo de campo. Os sujeitos da pesquisa foram os(as) estudantes da turma do curso Técnico em Logística, na modalidade PROEJA, na forma integrada, presencial, ingressante no ano de 2016.2. O <em>locus </em>da pesquisa foi o Instituto Federal do Amapá, <em>Campus</em> Santana. Baseada no método dialético, a pesquisa se configurou como uma pesquisa de campo e teve abordagem qualitativa, utilizando-se também de dados quantitativos. O instrumento utilizado para a coleta de dados foi a aplicação de questionário de natureza semiestruturada. Dentre os resultados obtidos, verificou-se que em relação aos fatores que contribuem para a permanência os(as) estudantes não trazem a assistência estudantil como fator primordial para permanência. Porém, a esperança da empregabilidade e o desejo de um futuro melhor constituem-se como prioridades para permanência no curso. Percebe-se que os(as) estudantes ainda relacionam a assistência estudantil com ajuda, apoio ou favor, descaracterizando-a da forma de direito conquistado e vinculando-a mais uma vez a benesse do Estado. Ou seja, não se reconhece que garantias como transporte, alimentação, saúde sejam dever do Estado garantir. Assim, este estudo revelou que os programas de assistência estudantil ainda são pontuais e insuficientes para se garantir a permanência e o êxito na Instituição.</p> 2022-01-07T00:00:00-04:00 Copyright (c) 2022 https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/article/view/1908 Aprendizagem Baseada no Trabalho 2022-01-11T09:32:57-04:00 Jacks Williams Peixoto Bezerra jacksbezerra@gmail.com Paulo Roberto de Carvalho prcarval@gmail.com Renato Matos Lopes rmatoslopes@gmail.com <p>Este artigo apresenta e discute os fundamentos da Aprendizagem Baseada no Trabalho (ABT ou WBL de <em>Work-Based Learning</em>), uma estratégia de ensino que vem se consolidando como campo de pesquisa nas áreas de educação e saúde na Europa, nos Estados Unidos da América e na Austrália. Portanto, tendo como <em>background</em> os impactos e desafios nas condições de trabalho e de formação profissional advindas das tecnologias que constituem a Indústria 4.0 e a Saúde 4.0. O texto busca trazer contribuições sobre o uso e o aprimoramento da WBL no ensino e na educação profissional em saúde no Brasil.</p> 2022-01-07T00:00:00-04:00 Copyright (c) 2022 https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/article/view/1877 Políticas de Assistência Estudantil, no Contexto da Pandemia da Covid-19, para Permanência Discente 2022-01-11T09:35:15-04:00 Maria Soares Cunha cunha.dmaria@gmail.com Danyelle de Lima Teixeira danyelle.ifce@gmail.com Álamo Pimentel alamopimentelmcz@gmail.com Francisco José Alves de Aquino fcoalves_aq@ifce.edu.br <p>Entendemos que a educação é um dos mais importantes fatores que contribuem com a mobilidade social ascendente, pois havendo acesso à educação de qualidade o cidadão torna-se capaz de intervir de forma crítica e qualificada na sociedade, podendo, assim, reconstruir a sua realidade. Considerando a relevância da análise de políticas públicas, o objetivo geral deste estudo é identificar, na percepção dos(as) estudantes, as contribuições das políticas de assistência estudantil no IF Baiano, <em>campus</em> Teixeira de Freitas para a permanência no contexto da pandemia da Covid-19. Trata-se de um estudo de caso, em que os resultados foram obtidos a partir do formulário eletrônico aplicado a um grupo de estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica, beneficiados(as) no ano de 2021, em plena pandemia devido à Covid-19. Busca-se identificar, assim, como a política de assistência estudantil contribui com a inclusão social, permanência e êxito destes(as) estudantes. A análise constante das políticas públicas melhora a gestão, valorizando a visão dos beneficiários, com o intuito de melhorar a política. Os resultados da pesquisa demonstram que a Política Pública de Assistência Estudantil do IF Baiano se aperfeiçoou e está em sua terceira versão, necessitando se reinventar devido ao contexto pandêmico. Assim, a assistência estudantil, mesmo com seus entraves, tem atendido aos seus objetivos, contribuindo com a inclusão, permanência e êxito.</p> 2022-01-07T00:00:00-04:00 Copyright (c) 2022 https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/article/view/1894 Um olhar sobre a matemática no ensino integrado 2022-01-11T09:33:36-04:00 Aline Picoli Sonza alinepsonza@gmail.com Solange Binotto Fagan sfagan@prof.ufn.edu.br <p>O crescimento do ensino técnico integrado de nível médio é apontado como importante tendência dos últimos anos no Brasil devido, principalmente, à ampliação de acesso à rede federal de educação. A integração pode ser vista como uma possibilidade de construção de conhecimentos que podem ressignificar processos de ensino e aprendizagem. A matemática, além da importância dos conceitos específicos, torna-se uma espécie de instrumento que possibilita o desenvolvimento do raciocínio lógico e da abstração sendo, também, indispensável para construção de conhecimentos em outras áreas como a física e a química, entre outras. Assim, pode ser vista como um componente curricular capaz de transitar e dialogar mais facilmente em diversas áreas do conhecimento. O presente estudo traz algumas discussões sobre o ensino médio integrado ao profissional, com um olhar sobre a disciplina de matemática, a partir de publicações envolvendo o tema. Parte integrante de uma pesquisa a nível de doutorado, o objetivo deste trabalho foi realizar um mapeamento das teses, dissertações e artigos científicos publicados no período compreendido entre 2015 e 2019. Foi possível perceber uma grande carência de pesquisas relacionadas ao ensino integrado e a matemática no nível médio de ensino.</p> 2022-01-07T00:00:00-04:00 Copyright (c) 2022 https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/article/view/1858 Práticas pedagógicas integradoras 2022-01-11T09:35:53-04:00 Luiz Mário Lopes Cardoso luiz.cardoso@seduc.go.gov.br Luciana Santos da Rosa luciana.rosa@ifgoiano.edu.br Matias Noll matias.noll@ifgoiano.edu.br Emmanuela Ferreira de Lima emmanuela.lima@ifgoiano.edu.br <p>As Práticas Pedagógicas Integradoras orientam o processo de ensino e aprendizagem por meio de ações interdisciplinares e contextualizadas, integrando teorias e práticas para apreensão do conhecimento em sua totalidade ou o mais próximo, associando-as com a realidade concreta. Pela potencialidade dessas práticas para a formação integral, emerge a questão que norteia este estudo: como as Práticas Pedagógicas Integradoras contribuem na efetivação da formação integral no Ensino Médio Integrado (EMI)? À luz do materialismo histórico e dialético, são trazidos conceitos fundamentais que se aproximam da resposta à pergunta norteadora. O método aplicado para este estudo foi o qualitativo-descritivo por intermédio de análise bibliográfica. São estudados autores clássicos da base teórica da Educação Profissional e Tecnológica no Brasil e que permitem a discussão contextualizada histórica e social acerca da dualidade da escola e do ensino profissional e suas consequências. Os principais conceitos abordados são de Formação Integral, EMI e Práticas Pedagógicas Integradoras. Este estudo mostrou que as práticas integradoras, se efetivada no EMI, podem levar à formação integral do estudante. Portanto, a proposta de formação integral no EMI pode se concretizar com as Práticas Pedagógicas Integradoras, por meio da mediação dos diferentes saberes de forma integrada, contextualizada e interdisciplinar.</p> 2022-01-07T00:00:00-04:00 Copyright (c) 2022 https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/article/view/1892 O uso das bibliotecas na Educação Profissional e Tecnológica e o fomento à leitura 2022-01-11T09:34:16-04:00 Samanta Ramos dos Santos Leske samanta.santos@ifpr.edu.br Viviane Aparecida Traversin viviane.pereira@ifpr.edu.br Leandro Rafael Pinto leandro.rafael@ifpr.edu.br <p>Este artigo busca ratificar a importância e a contribuição das bibliotecas das instituições de Educação Profissional e Tecnológica (EPT), como propositoras na realização de práticas interativas de fomento à leitura. Também busca apresentar ações de incentivo à leitura que podem ser oferecidas por meio de atividades de extensão, com o intuito de colaborar para a formação educacional e social e trazer novas possibilidades para estratégias de efetivação da curricularização da extensão. Pensando nas possibilidades e estratégias para implementação da curricularização da extensão nas diversas instituições de EPT, questiona-se qual seria o papel das bibliotecas neste processo, considerando a infinidade de atividades que podem ser exploradas nestes espaços e a relevância destas para a formação integral dos sujeitos. Para tanto, esta pesquisa caracteriza-se como um estudo qualitativo, descritivo, do tipo relato de experiência, por meio da descrição das ações propostas e aplicadas no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Paraná (IFPR) - <em>Campus</em> União da Vitória, no período de 2017 a 2019. Indicam-se sugestões de ações relacionadas à temática, as quais poderão contribuir para a formação integral dos estudantes e para o diálogo da instituição com a sociedade. Diante disso, verificou-se que o desenvolvimento de atividades de incentivo à leitura pode apresentar resultados positivos com relação ao envolvimento da comunidade interna e externa, e possibilitar a realização de proposições que despertem o interesse pela leitura de forma dinâmica e atrativa, contribuindo também para o desenvolvimento de atividades de extensão e para a implementação da curricularização da extensão.</p> 2022-01-07T00:00:00-04:00 Copyright (c) 2022 https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/article/view/1909 Uso da história da matemática como recurso pedagógico no Ensino Médio Integrado 2022-01-11T09:32:37-04:00 Júnio Cândido dos Santos junio.candido.profept.ifpb@gmail.com Rafael José Alves do Rego Barros rafael.barros@ifpb.edu.br <p>Neste artigo é apresentada uma sugestão de uso da história da matemática como recurso pedagógico para as aulas de matemática do Ensino Médio Integrado. Isso depois de apontar os pilares conceituais e, ao que se segue, os pressupostos filosóficos que sustentam o Ensino Médio Integrado. Descreve também os papéis assumidos pela face escolar da história da matemática, bem como de sua forma de uso que se adéqua melhor ao Ensino Médio Integrado. Para ilustrar a utilização pedagógica da história da matemática, há o relato da experiência na produção de um livro paradidático de matemática intitulado “Nos passos de Arquimedes: o uso da história no ensino da matemática para discutir Geometria Plana”, que usa a história como recurso didático para trabalhar conceito ligados à Geometria plana. Por fim, conclui que o uso da história da matemática como recurso pedagógico pode ser utilizado no Ensino Médio Integrado para que a sua proposta curricular seja efetivada.</p> 2022-01-07T00:00:00-04:00 Copyright (c) 2022 https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/article/view/1824 A Percepção acerca da autonomia docente 2022-01-11T09:36:31-04:00 Glaucia Ribeiro Gonzaga glauciargonzaga@gmail.com Daniel Costa de Paiva profdanielpaiva@gmail.com Marcelo Leandro Eichler marcelo.eichler@ufrgs.br <p>O estudo das percepções de docentes sobre os fatores e os atores que influenciam sua prática profissional tem se ampliado nas pesquisas sobre formação continuada de professores. Este artigo busca apresentar as visões de professores de Química da educação básica, em processo de formação continuada no programa de Mestrado Profissional em Química em Rede Nacional (PROFQUI), acerca das decisões escolares que influenciam sua atuação profissional, tendo por base os conceitos e visões sobre os saberes docentes de Maurice Tardif e Paulo Freire e as dimensões de José Contreras. Para isso, participaram 30 professores de Química ingressantes no PROFQUI em 2017. Considerando as visitas <em>in lócus</em> com a aplicação de questionário quali-quantitativo, os dados obtidos apresentam uma maioria de docentes com perspectivas de racionalidade crítica, que visam além da construção científica, a construção social dos seus alunos. Há também docentes que exibem aspectos de racionalidade técnica, sem influência sobre as decisões nas quais ele se torna o executor, e visando apenas ensinar a química escolar para seus alunos. Essa pouca influência sobre suas próprias atividades, além de expor uma formação inicial ainda nos modelos de racionalidade técnica, contraria o anseio por um docente engajado, dinâmico, tecnológico e contextualizado que a sociedade e os documentos norteadores da Educação Básica almejam.</p> 2022-01-07T00:00:00-04:00 Copyright (c) 2022 https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/article/view/1883 Aula de campo como instrumento da educação ambiental 2022-01-11T09:34:56-04:00 Marcos Antônio Ferreira marcosantonio74@hotmail.com Ana Paula Dantas Ferreira anamixe@gmail.com Luís Gomes de Moura Neto luisgomesmn@gmail.com <p>A aula de campo busca aprimorar o conhecimento dos estudantes em diferentes processos de formação, permitindo que tenham contato de forma concreta ao que muitos estudantes só possuem acesso por meio de aulas teóricas. Trazer a abordagem da educação ambiental para a sala de aula possibilita debates e reflexões para que este conhecimento contribua para a mudança de comportamento dos indivíduos com o meio ambiente. Partindo dessas premissas, o presente estudo tem por objetivo verificar a percepção dos estudantes do 3º ano do Ensino Médio Integrado do Curso Técnico em Informática, diante da realização de uma aula de campo, orientado por meio de um guia didático, com a temática “Dia de Pescador”, em espaço não formal. A atividade foi composta por etapas pré-campo, campo e pós-campo, nas quais os dados foram coletados por meio de observação e por aplicação de entrevistas. Por meio da intervenção foi possível verificar que a atividade da aula de campo possibilita a construção de um ambiente de aprendizagem com uma interatividade, motivação e participação ampliada, permitindo o protagonismo estudantil, modificando ideias e formas de ensino engessados.</p> 2022-01-07T00:00:00-04:00 Copyright (c) 2022 https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/article/view/1899 Formação profissional e tecnológica em tempos de pandemia 2022-01-11T09:33:17-04:00 Jessica Lopes dos Reis jessica.llopess17@gmail.com Yan de Souza Novaes yanovaes97@gmail.com Lauro Chagas e Sá proflaurosa@gmail.com <p>A pandemia de covid-19, iniciada no final de 2019, impôs diversas mudanças no cenário mundial. No campo da Educação, as aulas de diversos níveis e modalidades de ensino passaram a ser remotas e, ainda mais, mediadas por tecnologias. Considerando o cenário da Educação Profissional e Tecnológica, o presente artigo objetiva compreender o contexto da formação profissional nos Cursos Técnicos em Química, nas formas concomitante e integrada ao Ensino Médio, em especial no que se refere às práticas de laboratório durante as atividades pedagógicas não presenciais (APNP). O marco teórico possui como base os estudos de Sacristán (2000) sobre os currículos e os de Pacheco (2010; 2012) sobre a Educação Profissional e Tecnológica (EPT) praticada nos Institutos Federais brasileiros. Em termos metodológicos, realizou-se um estudo de caso com professores que ministraram disciplinas experimentais de Química no semestre letivo de 2020/1. Acerca das aulas práticas, o estudo de caso revelou estratégias como utilização de videoaulas, de simuladores e de práticas experimentais caseiras. Como resultado deste processo, os professores indicaram, entre outros pontos, que houve a compreensão do conceito por meio das APNP, mas que as habilidades não foram completamente desenvolvidas, dada a necessidade de aulas com equipamentos e vidrarias específicas dos laboratórios de ensino.</p> 2022-01-07T00:00:00-04:00 Copyright (c) 2022 https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/article/view/1863 A discussão de gênero e sexualidade nas Histórias em quadrinhos e jogos eletrônicos na formação integral 2022-01-11T09:35:33-04:00 Michele Rodrigues Teixeira michelert.bio@gmail.com Nemésio Freitas Duarte Filho nemesiofreitas@gmail.com <p>O presente trabalho apresenta as contribuições de uma sequência didática (SD) sobre gênero e sexualidade, pautada em elementos de histórias em quadrinhos (HQ) e jogos eletrônicos, como um caminho para a formação integral dos estudantes da Educação Profissional e Tecnológica (EPT). A SD teve como objetivo aproximar a temática aos interesses culturais dos estudantes, promover conhecimentos biológicos, sociais e históricos intrínsecos ao conteúdo proposto, além de contribuir para a formação integral dos estudantes. O procedimento adotado foi o estudo de caso e a produção de dados foi realizada por meio de questionário de percepção inicial, registros das intervenções dos estudantes ao longo da SD e questionário avaliativo. Os dados produzidos foram tratados estatisticamente quando quantitativos e pelo método de análise de conteúdo e categorização, quando qualitativos. Como forma de validação, o produto educacional foi aplicado no contexto do Ensino Médio Integrado (EMI). Os resultados indicam que a escolha destas mídias se mostrou adequadas como elementos contextualizadores e motivadores, além de promover evolução na percepção e posicionamento dos estudantes em relação à gênero e sexualidade nos jogos eletrônicos e HQs.</p> 2022-01-07T00:00:00-04:00 Copyright (c) 2022 https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/article/view/1893 Currículo e abordagens de ensino para a Física no curso Técnico Integrado em Edificações do Instituto Federal da Bahia a partir das Bases Teóricas da EPT 2022-01-11T09:33:57-04:00 Danilo Almeida Souza danilofisico@gmail.com <p>Este artigo, de natureza teórica, insere-se na discussão do ensino de ciências em espaços de Educação Profissional e Tecnológica (EPT) e tem como objetivo apresentar uma proposta para a Física do 1º ano (Mecânica) em um curso técnico integrado em edificações do Instituto Federal da Bahia. Trata-se de um trabalho que expande os resultados trazidos na tese de doutorado defendida pelo autor, quando se definiu parâmetros para pensar a Física em cursos técnicos no formato de Ensino Médio Integrado (EMI); aqui, a partir de uma proposta concreta, delineamos os conteúdos e apresentamos uma abordagem de ensino, dentre as comumente utilizadas no ensino de Física. Nosso referencial toma a discussão de currículos em cursos de EMI, além de trabalhos que busquem a interseção do ensino de Física com o campo da educação e trabalho. Temos como resultado uma proposição para a Física do 1º ano, tomando uma abordagem de ensino – aqui a Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS) – que incorpore os eixos estruturantes da EPT: o trabalho, a ciência, a tecnologia e a cultura, visando à formação de um sujeito crítico e autônomo, e que fortaleça uma educação que não discrimine o tipo de ensino a ser ofertado, seja quanto ao público que a frequenta ou sua finalidade: continuidade na educação superior ou inserção profissional imediata.</p> 2022-01-07T00:00:00-04:00 Copyright (c) 2022 https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/article/view/1912 Mediação de práticas educativas na educação profissional com Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação 2022-01-11T09:32:19-04:00 Iasmim Ferreira da Silva iasmim.ped@gmail.com Cinthia Maria Felicio cinthia.felicio@ifgoiano.edu.br <p>Esse trabalho tem o objetivo de buscar uma maior compreensão do processo de mediação pedagógica nas concepções e interações educativas com as TDICs a partir das contribuições da Teoria Histórico-Cultural (THC) para a superação da dicotomia do ensino-aprendizagem na Educação Profissional e Tecnológica (EPT). É uma investigação bibliográfica embasada em teóricos que tecem reflexões sobre trabalho docente, práticas educativas, Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDICs), pensando propostas de formação integral como aliadas ao processo de desenvolvimento da aprendizagem e formação humana. A articulação dessas dimensões voltadas ao ensino pressupõe uma mediação entre aluno e informação para construção do conhecimento junto ao professor em uma relação dialógica. Evidenciamos ainda, a necessidade de conscientização do professor sobre a responsabilidade que sua ação pedagógica pode apresentar, tanto no social, cultural e no afetivo para humanização daquilo que ensina. A prática educativa respaldada por novas tecnologias sugere novas metodologias que atendam às necessidades dos alunos e propiciem um desenvolvimento integral de cada um deles. Assim, o papel do outro e das relações mediadas pelas tecnologias precisam contemplar aspectos intersubjetivos e intrassubjetivos que serão pensados e relacionados de forma estratégicas pelo professor consciente de seu papel na formação de uma cultura escolar que favorece a autonomia e o respeito aos conhecimentos sociais e culturalmente construídos, como ponto de partida para enculturação e desenvolvimento integral de seus alunos.</p> 2022-01-07T00:00:00-04:00 Copyright (c) 2022 https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/article/view/1938 Evolução da pesquisa científica na Revista Educitec 2022-01-11T09:31:42-04:00 Iandra Maria Weirich da Silva Coelho iandra.coelho@ifam.edu.br <p>Este artigo apresenta uma análise bibliométrica da Revista Educitec (Estudos e Pesquisas sobre Ensino Tecnológico), no período de 2015 a 2021. Trata-se de uma pesquisa exploratória, de caráter quantitativo, que se realiza por meio da observação e análise de um <em>corpus</em> composto por 323 trabalhos. Na metodologia adotada, são realizadas análises referentes aos seguintes índices bibliométricos: evolução e quantitativo de artigos (2015 a 2021), gênero das pesquisas, principais componentes curriculares abordados nas investigações, nível e modalidade de implementação das propostas educativas, vinculação institucional, autoria por região geográfica e palavras-chave utilizadas pelos autores. Os resultados fornecem o perfil evolutivo das pesquisas publicadas na revista, ressaltam a concentração temática do periódico na Área de Ensino, com foco na diversidade de subáreas e componentes curriculares abordados nas investigações e evidenciam a necessidade de fomentar estratégias para ampliar a divulgação e alcance em distintas regiões geográficas brasileiras e no âmbito internacional.</p> 2022-01-07T00:00:00-04:00 Copyright (c) 2022