Ferramenta educacional nas Ciências Agrárias

o Programa Empreenda Agro Sustentável como indutor do comportamento empreendedor

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31417/educitec.v7.1417

Palavras-chave:

Empreendedorismo, Sustentabilidade, Extensão acadêmica

Resumo

Muito tem se estudado sobre quais ferramentas podem influenciar nas demandas de competências individuais que atualmente são buscadas pelo mercado de trabalho rural, sendo uma delas a educação empreendedora. Algumas ferramentas, tais como workshops, podem ser usadas para difusão do comportamento empreendedor em instituições de ensino, estimulando a inclusão nos planos pedagógicos de conteúdos sobre ações empreendedoras nas temáticas da agropecuária com o viés da sustentabilidade. O objetivo desta pesquisa foi avaliar a dinâmica do comportamento empreendedor em grupos de estudantes participantes do Programa de extensão Empreenda Agro Sustentável. Este estudo caracteriza-se como Survey descritivo exploratório, conduzido no período de desenvolvimento do programa de extensão, no período de  agosto a novembro de 2019, recorrendo à análise de duas dimensões capazes de influenciar o comportamento empreendedor: a dimensão da autoeficácia e a intenção em empreender. Pôde-se perceber forte influência positiva na intenção empreendedora e na autoeficácia dos participantes. Por meio dos resultados obtidos nesta pesquisa ficou evidente que os alunos envolvidos no programa evoluíram positivamente nas dimensões empreendedoras estudadas, influenciando assim o desenvolvimento de novos negócios planejados na etapa de pré-aceleração, e encontram maior segurança para o próximo passo que é o de aceleração de seus planos de negócios, conquistando autonomia, buscando novas oportunidades, como profissionais proativos com destaque no mercado de trabalho.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Francisco Sandro Rodrigues Holanda, Universidade Federal de Sergipe

Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal do Ceará (1985), mestrado em Agronomia (Fitotecnia) pela Universidade Federal de Lavras (1992) e doutorado em Agronomia pela Universidade Federal de Lavras (1996)/Purdue University e Pós-Doutorado pela Universidade de Wisconsin (EUA). Atualmente é professor Titular da Universidade Federal de Sergipe, e lider do Grupo de Pesquisa em Gerenciamento Hidroambiental do Baixo São Francisco. Tem experiência na área de Engenharia de Água e Solo, com ênfase em Conservação de Solo e Água, atuando principalmente nos seguintes temas: Bioengenharia de solos e demais técnicas de controle de erosão

Millena dos Santos Santana, Universidade Federal de Sergipe

Estudante de engenharia agronômica

Raphael Campos Azevedo, Universidade Federal de Sergipe

Estudante de Engenharia Agronômica

Referências

AJZEN, Icek. Attitudes, traits, and actions: Dispositional prediction of behavior in personality and social psychology. Advances in experimental social psychology, v. 20, p. 1-63, 1987.

ANDRADE, J. S.; FERNANDES, S. A. S. A importância da educação contextualizada para o desenvolvimento do semiárido. Revista NERA, v. 19, n. 34, 2016, p. 157-178.

AUGUSTE, Sebastián; BRICKER, Alejandro. What leads and what restricts entrepreneurship? Evidence from Argentina. CBMS Argentina, Buenos Aires, v. 1, n 1, 2016.

BASTOS, P. M. A.; MATTOS, L. B; SANTOS, G. C. Determinantes da pobreza no meio rural brasileiro. Revista de Estudos Sociais, v. 20, n. 41, p. 4–30, 2018.

CNS, C. C. N. DE S. 466. RESOLUÇÃO No 466, DE 12 de Dezembro de 2012. . 2012.

COSTA, Patricia da et al. Educação e empreendedorismo para o desenvolvimento rural sustentável. Embrapa, Brasília, DF, v.1, p. 43, 2018.

DAMANPOUR, F.; SCHNEIDER, M. Phases of the Adoption of Innovation in Organizations: Effects of Environment, Organization and Top Managers1. British Journal of Management, v. 17, n. 3, p. 215–236, 2006.

SOUZA, Donizeti Leandro de et al. Empreendedorismo e desenvolvimento local: uma análise do programa microempreendedor individual em Minas Gerais, Brasil. Desenvolvimento em Questão, v. 14, n. 37, p. 262–292, 2016.

DORNELAS, José Carlos Assis. Como ser empreendedor, inovar e se diferenciar em organizações estabelecidas. 1ª ed, Rio de Janeiro: Elsevier Brasil, p. 393–410, 2003.

EDELMAN, Linda. F et al. The impact of family support on young entrepreneurs’ start-up activities. Journal of Business Venturing, v. 31, n. 4, p. 428–448, 2016.

FAUSTINO, Manuel; AMADOR, Filomena. O conceito de “sustentabilidade”: migração e mudanças de significados no âmbito educativo. Indagatio Didactica, v. 8, n. 1, p. 2021-2033, 2016.

FAYOLLE, Alain; LIÑÁN, Francisco; MORIANO, Juan A. Beyond entrepreneurial intentions: values and motivations in entrepreneurship. International Entrepreneurship and Management Journal, v. 10, n. 4, p. 679-689, 2014.

FERREIRA, Aleciane da Silva Moreira et al. Preditores individuais e contextuais da intenção empreendedora entre universitários: revisão de literatura. Cadernos EBAPE.BR, v. 15, n. 2, p. 292–308, 2017a.

FERREIRA, Patrícia Silva et al. Força de trabalho e capital intelectual no contexto da educação profissional, científica e tecnológica no Brasil. Revista Tecnologia e Sociedade, v. 13, n. 27, p. 1–23, 2017b.

FREIRE, P. Pedagogia do Oprimido. 17a ed. Rio de Janeiro-RJ: Paz e Terra, 1987.

FRAGOSO, Rui; ROCHA-JUNIOR, Weimar; XAVIER, António. Determinant factors of entrepreneurial intention among university students in Brazil and Portugal. Journal of Small Business & Entrepreneurship, v. 32, n. 1, p. 33-57, 2020.

FREITAS, Alan Ferreira de; FREITAS, Alair Ferreira de; DIAS, Marcelo Miná. Mudanças conceituais do desenvolvimento rural e suas influências nas políticas públicas. Revista de administração pública, v. 46, p. 1575-1597, 2012.

GARCIA-RODRIGUEZ, Francisco J. et al. Entrepreneurial process in peripheral regions: the role of motivation and culture. European Planning Studies, v. 25, n. 11, p. 2037–2056, 2017.

GUBIK, Andrea S.; FARKAS, Szilveszter. Student Entrepreneurship in Hungary: Selected Results Based on GUESSS Survey. Entrepreneurial Business and Economics Review, v. 4, n. 4, p. 123, 2016.

HAIR, J. F. et al. Multivariate data analysis. 6ª ed., Upper Saddle River, NJ: Pearson Prentice Hall, 2006.

IBGE, I. B. DE G. E E. Informalidade no mercado de trabalho é recorde. Disponível em: <http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2019-10/informalidade-no-mercado-de-trabalho-e-recorde-aponta-ibge>. Acesso em: 7 jan. 2020.

IBM CORP, R. 2017. IBM SPSS Statistics for Macintosh, Version 25.0. Armonk, NY: IBM, 2017.

KAGEYAMA, Angela et al. O novo padrão agrícola brasileiro: do complexo rural aos complexos agroindustriais. Campinas: Unicamp, 1987.

KRUEGER, F. Norris; BRAZEAL, V. Deborah. Potencial empreendedor e empreendedores em potencial (Entrepreneurial Potential and Potential Entrepreneurs). Revista de Empreendedorismo e Gestão de Pequenas Empresas, v. 7, n. 2, p. 201-226, 2018.

KRUEGER, F. Norris; REILLY, D. Michael; CARSRUD, L. Alan. Competing models of entrepreneurial intentions. Journal of business venturing, v. 15, n. 5-6, p. 411-432, 2000.

LAZZARESCHI, Noêmia. Novas competências profissionais e empregabilidade no limiar do século XXI. Estudos de Sociologia, v. 1, n. 22, p. 245-290, 2016.

LEITE, Eduardo Dias; DIAS, Cleidson Nogueira. Aprendizagem empreendedora para o desenvolvimento de regiões brasileiras: o fomento de competências na formação acadêmica do Instituto Federal de Brasília. Negócios em Projeção, v. 6, n. 1, p. 204-220, 2015.

LOPES, Rose Mary Almeida. Educação empreendedora: conceitos, modelos e práticas. São Paulo: Elsevier, v 1, 2010.

NASSAR, Antonio Paulo; AZEVEDO, Luciano César Pontes de. Fatores associados à satisfação profissional e pessoal em intensivistas adultos brasileiros. Revista Brasileira de Terapia Intensiva, v. 28, p. 107-113, 2016.

NUNES, Maiana Farias Oliveira; NORONHA, Ana Paula Porto. Associações entre auto-eficácia para atividades ocupacionais e interesses em adolescentes. Psicologia: Reflexão e Crítica, v. 24, p. 1-9, 2011.

OLIVEIRA, Anna Gabriela Miranda; MELO, Marlene Catarina de Oliveira Lopes; DE MUYLDER, Cristiana Fernandes. Educação empreendedora: O desenvolvimento do empreendedorismo e inovação social em instituições de ensino superior. Revista Administração em Diálogo-RAD, v. 18, n. 1, p. 29-56, 2016.

PIETROVSKI, Eliane Fernandes et al. Análise do potencial empreendedor em alunos do ensino superior: aplicação da teoria à prática. Innovar, v. 29, n. 71, p. 25-42, 2019.

PIRAUX, Marc; CANIELLO, Marcio. Reflexões retrospectivas e prospectivas sobre a governança territorial para o desenvolvimento rural no Brasil. Revista Raízes, v. 39, n 2, p. 360-379, 2019.

ROCHA, Estevão Lima de Carvalho; FREITAS, Ana Augusta Ferreira. Avaliação do ensino de empreendedorismo entre estudantes universitários por meio do perfil empreendedor. Revista de Administração contemporânea, v. 18, p. 465-486, 2014.

RODRIGUES, Ingrid Lustosa et al. Intenção empreendedora em estudantes de administração: um estudo com estudantes da Universidade Federal do Ceará. REMIPE-Revista de Micro e Pequenas Empresas e Empreendedorismo da Fatec Osasco, v. 5, n. 1, p. 65-84, 2019.

ROS, María. Valores, actitudes y comportamiento: una nueva visita a un tema clásico. 1ª ed Madrid: Biblioteca Nueva, 2001.

SCHAEFER, Ricardo; MINELLO, Ítalo Fernando. A Formação de Novos Empreendedores: natureza da aprendizagem e educação empreendedora. Revista da Micro e Pequena Empresa, v. 11, n. 3, p. 2, 2017.

SILVA, Ester Gomes da. Mudança estrutural e crescimento econômico: uma questão esquecida. Sociologia, v. 14, 2004.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE. UFS em Número 2017 Universidade Federal de Sergipe-UFS, 2018.

VIEIRA, Silvia Cristina; BERNARDO, Cristiane Hengler Corrêa; LOURENZANI, Ana Elisa Bressan Shimith. Política Pública de ATER para o desenvolvimento rural sustentável na Agricultura Familiar. Revista Eletrônica Competências Digitais para Agricultura Familiar, v. 1, n. 1, p. 1-22, 2015.

Publicado

2021-07-26

Como Citar

SANTOS, L. D. V.; HOLANDA, F. S. R. .; SANTANA, M. dos S.; AZEVEDO, R. C. Ferramenta educacional nas Ciências Agrárias: o Programa Empreenda Agro Sustentável como indutor do comportamento empreendedor . Educitec - Revista de Estudos e Pesquisas sobre Ensino Tecnológico, Manaus, Brasil, v. 7, p. e141721, 2021. DOI: 10.31417/educitec.v7.1417. Disponível em: https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/article/view/1417. Acesso em: 25 jan. 2022.