Glossário em Libras como instrumento para auxiliar na inclusão de alunos surdos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31417/educitec.v7.1325

Palavras-chave:

Inclusão educacional, Surdez, Língua Brasileira de Sinais

Resumo

Este artigo apresenta o site Glossário em Libras, que é o produto educacional desenvolvido no Programa de Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT), do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais – Campus Ouro Branco. O referido produto educacional objetivou divulgar a língua de sinais no ambiente escolar, de modo a incentivar a comunicação entre surdos e ouvintes. Além disso, buscou contribuir para a autonomia do estudante surdo na escola, de forma a permitir que ele realize suas solicitações e obtenha as informações de que necessita nos mais diversos setores da escola, sem precisar a todo momento da ajuda de um profissional intérprete. Recorreu-se, metodologicamente a Wolcott (1994), para a realização da descrição, da análise e interpretação de todo o processo de construção, desenvolvimento e avaliação do site Glossário em Libras, abordando como ocorreu a percepção da necessidade de elaboração desse produto. A avaliação do glossário comprovou que o produto é útil, necessário e contribui para a divulgação da Libras na escola e para a autonomia do estudante surdo. Ademais, o produto mostrou-se eficaz por sensibilizar as pessoas para as questões relacionadas ao universo surdo.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

BAGGIO, Mara Auxiliadora; CASA NOVA, Maria das Graças. Libras. Curitiba: InterSaberes, 2017.

BOTELHO, Paula. Linguagem e letramento na educação dos surdos: ideologias e práticas pedagógicas. 4. ed. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2015.

BRASIL. Lei nº 10.436, de 24 de abril de 2002. Dispõe sobre a Língua Brasileira de Sinais (Libras) e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Legislativo, Brasília, DF, 25 abr. 2002. Seção 1, p. 23.

CUNHA, Mariane Maria de Carvalho. Inclusão de surdos: a importância da acessibilidade de informações institucionais para efetivação de uma educação inclusiva. 2020. 145 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2020.

GESSER, Andrei. Libras? Que língua é essa?: crenças e preconceitos em torno da língua de sinais e da realidade surda. São Paulo: Parábola Editorial, 2009.

GUIMARÃES, Tânia Mafra (org.). Educação Inclusiva: construindo significados novos para a diversidade. Belo Horizonte: Secretaria do Estado de da Educação de Minas Gerais, 2002.

LOUBET, Mauricio. Surdos brasileiros e bolivianos em destaque: processo inclusivo em uma escola no município de Corumbá/MS. 2017. 101 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Corumbá, 2017.

MANTOAN, Maria Teresa Égler. Inclusão escolar: O que é? Por quê? Como fazer? São Paulo: Moderna, 2015.

MILLER JUNIOR, Ademar. A inclusão do aluno surdo no ensino médio. 2013. 118 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2013.

PEREIRA, Maria Cristina da Cunha et al. Libras: conhecimentos além dos sinais. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2011.

PERLIN, Gladis T. T. Identidades surdas. In: SKLIAR, Carlos (Org.). A surdez: um olhar sobre as diferenças. 7. ed. Porto Alegre: Mediação, 2015.

QUADROS, Ronice Müller de. Educação de surdos: a aquisição da linguagem. Porto Alegre: Artmed Editora, 1997.

SÁ, Rafaella Coelho. O sentido subjetivo atribuído pelo aluno surdo ao processo de escolarização na escola regular. 2010. 142 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Piauí, Teresina, 2010.

SANTOS, Kátia Regina de Oliveira Rios Pereira. Educação especial e escola: reflexões sobre os projetos educacionais para alunos surdos. In: FERNANDES, Eulália (Org.). Surdez e Bilinguismo. 7. ed. Porto Alegre: Mediação, 2015.

SANTOS FILHO, Pedro Luiz dos. Escolarização de surdos no ensino médio em Natal/RN: vendo e ouvindo vozes. 2015. 137 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.

SKLIAR, Carlos (org.). A surdez: um olhar sobre as diferenças. 7. ed. Porto Alegre: Mediação, 2015.

WOLCOTT, H. F. Transforming qualitative data: description, analysis, and interpretation. London: Sage Publications, 1994.

Downloads

Publicado

2021-01-26

Como Citar

CUNHA, M. M. de C. .; FRANCO, R. A. S. R. . Glossário em Libras como instrumento para auxiliar na inclusão de alunos surdos. Educitec - Revista de Estudos e Pesquisas sobre Ensino Tecnológico, Manaus, Brasil, v. 7, p. e132521, 2021. DOI: 10.31417/educitec.v7.1325. Disponível em: https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/article/view/1325. Acesso em: 25 jan. 2022.