Uso da Realidade Aumentada e gamificação para apoiar o ensino de eletroeletrônica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31417/educitec.v7.1669

Palavras-chave:

Realidade Aumentada, Gamificação, Eletroeletrônica, Ensino

Resumo

A Realidade Aumentada pode ser aplicada de muitas formas em diversas áreas do conhecimento. Cabe ressaltar sua utilização no ensino. Devido à sua alta capacidade de interação, a Realidade Aumentada pode prover aplicações mais intuitivas e melhorar a interação humano-computador. Concomitantemente, os modos de ensinar vêm sendo beneficiados com diversos recursos tecnológicos. Dentre eles, cabe destacar o uso de técnicas de gamificação que são utilizadas para melhorar a motivação dos estudantes. O objetivo deste artigo é apresentar uma aplicação que faz uso da Realidade Aumentada com técnicas de gamificação para apoiar o ensino de eletroeletrônica. Foram selecionados quatro fundamentos que poderiam ser inseridos na aplicação, na forma de fases, de acordo uma lista de fundamentos pelos quais os alunos são submetidos ao longo do curso. As técnicas aplicadas foram usadas para aumentar a motivação dos estudantes, além de melhorar o engajamento quanto aos fundamentos estudados em eletroeletrônica. A aplicação foi testada por dezoito estudantes em uma escola de ensino profissionalizante e se mostrou bastante promissora, apresentando resultados positivos nos testes de usabilidade efetuados.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Requisitos ergonômicos para o trabalho com dispositivos de interação visual. Parte 11: Orientações sobre usabilidade. Rio de Janeiro: ABNT, 2011.

BROOKE, J. (1996). SUS: a “quick and dirty' usability”. Usability evaluation in industry: 189.

CHEN, M. P.; LIAO, B. C. Augmented Reality Laboratory for High School Electrochemistry Course. In:2015 IEEE 15th International Conference on Advanced Learning Technologies. [S.l.: s.n.], 2015. p. 132–136.

DEREVENSKY, J. L.; HAYMAN, V.; GILBEAU, L. Behavioral Addictions:Excessive Gambling, Gaming, Internet, and Smartphone Use Among Children and Adolescents. Pediatric clinics of North America, Taylor & Francis, v. 66, n. 6, p.1163–1182.

DURAO, N., MOREIRA, F., FERREIRA, M. J., PEREIRA, C. S., & ANNAMALAI, N. (2019). A comparative study about mobile learning with gamification and augmented reality in high education institutions across South Europe, South America, and Asia countries. 2019 14th Iberian Conference on Information Systems and Technologies (CISTI).

HAUCKE, F. V. Smartphone-enabled social change: Evidence from the Fair phone case? Journal of Cleaner Production, Elsevier Ltd, v. 197, p. 1719–1730.

JAMAL, S.; HABIB, M. A. Smartphone and daily travel: How the use of smartphone applications affect travel decisions. Sustainable Cities and Society, Elsevier B.V., v. 53, p. 101939, 2020.

KIM, S. et al. Gamification in Learning and Education. Cham: Springer International Publishing, 2018.

MIROMEDIUM. Indicadores de usabilidade. Disponível em: https://miro.medium.com/max/700/1*ut8zNQRhNLhj5dTRPqkww.png. Acesso em 10 janeiro 2020.

OGAWA, A. N. et al. (2015) Análise sobre a Gamificação em Ambientes Educacionais. Revista de Novas Tecnologias na Educação (RENOTE), v. 13, n. 2.

OH, S.; SO, H. J.; GAYDOS, M. Hybrid Augmented Reality for Participatory Learning: The Hidden Efficacy of Multi-User Game-Based Simulation. IEEE Transactions on Learning Technologies, v. 11, n. 1, p. 115–127, 1 2018.

PAREDES-VELASTEGUÍ, D. et al. Augmented reality implementation as reinforcement tool for public textbooks education in Ecuador. In:2018 IEEE Global Engineering EducationConference (EDUCON). [S.l.: s.n.], 2018. p. 1243–1250.

PATRICIO, J. M., COSTA, M. C., & MANSO, A. (2019). A Gamified Mobile Augmented Reality System for the Teaching of Astronomical Concepts. 2019 14th Iberian Conference on Information Systems and Technologies (CISTI).

PONIS, S. T., PLAKAS, G., AGALIANOS, K., ARETOULAKI, E., GAYIALIS, S. P., & ANDRIANOPOULOS, A. (2020). Augmented Reality and Gamification to Increase Productivity and Job Satisfaction in the Warehouse of the Future. Procedia Manufacturing, 51, 1621–1628.

SAURO J., LEWIS, R. Correlations among prototypical usability metrics: evidence for the construct of usability. In Proceedings of the SIGCHI conference on human factors in computing systems, 1609– 1618, 2009.

SERDYUKOV, P. Innovation in education: what works, what doesn’t, and what to do about it? Journal of Research in Innovative Teaching & Learning, v. 10, n. 1, p. 4–33, 2017.

WEERASINGHE, M. et al. Educational Augmented Reality Games. In: AugmentedReality Games II. [S.l.: s.n.]. cap. Education a, p. 28.

ZHENMING, B., MAYU, U., MAMORU, E., & TATAMI, Y. Development of an english words learning system utilizes 3D markers with augmented reality technology. 2017 IEEE 6th Global Conference on Consumer Electronics (GCCE).

ZICHERMANN, G.; CUNNINGHAM, C. Gamification By Design. [s.n.]. 208 p.

ZORZAL, E. R., DE OLIVEIRA, M. R. F., SILVA L. F., CARDOSO, A., KIRNER, C., LAMOUNIER JR. E. (2008). Aplicação de Jogos Educacionais com Realidade Aumentada. Revista Novas Tecnologias na Educação (RENOTE), v. 6, n. 1.

ZORZAL, E. R.; JORGE, A. J.; COSTA, G. G. (2018). Desafios e Aplicações da Realidade Aumentada Móvel na Educação. Revista Novas Tecnologias na Educação (RENOTE), v. 16, n. 2.

Downloads

Publicado

2021-07-05

Como Citar

JÚNIOR, O. R.; DE OLIVEIRA, T.; ZORZAL, E. R. Uso da Realidade Aumentada e gamificação para apoiar o ensino de eletroeletrônica . Educitec - Revista de Estudos e Pesquisas sobre Ensino Tecnológico, Manaus, Brasil, v. 7, p. e166921, 2021. DOI: 10.31417/educitec.v7.1669. Disponível em: https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/article/view/1669. Acesso em: 25 jan. 2022.