Práticas Educativas na Educação Profissional e Tecnológica: uma experiência na disciplina de Bases Conceituais do ProfEPT

Autores

  • Paula Reis de Miranda IF Sudeste MG http://orcid.org/0000-0002-8066-7467
  • Géssica Braga Brum Bertholdo IF SUDESTE MG
  • Beatriz Gonçalves Brasileiro IF SUDESTE MG

DOI:

https://doi.org/10.31417/educitec.v4i08.576

Palavras-chave:

Intervenção pedagógica, Experiência de trabalho, Mestrado profissional

Resumo

O Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT) tem sua primeira oferta em rede nacional no ano de 2017 e junto a essa oferta muitas dúvidas e possibilidades de formação. A descrição reflexiva de uma dessas possibilidades é o objetivo principal deste trabalho: as práticas educativas vivenciadas na atividade de Projeto de Invenção durante a oferta da disciplina obrigatória de Bases Conceituais para Educação Profissional e Tecnológica. Neste texto é apresentado um breve histórico do ProfEPT; algumas bases teóricas que sustentaram a disciplina ofertada; a organização e a estruturação da proposta didática nomeada Projeto de Intervenção, bem como os frutos dessa prática educativa e o relato descritivo/reflexivo de dois desses projetos a fim de inspirar outras ações que possibilitem o diálogo e a formação aos mais diversos ambientes da nossa sociedade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Paula Reis de Miranda, IF Sudeste MG

DOUTORA EM EDUCAÇÃO

Mestre em Ensino de Ciências e Matemática

PROFESSORA DO PROFEPT

Géssica Braga Brum Bertholdo, IF SUDESTE MG

MESTRANDA do PROFEPT

 

Beatriz Gonçalves Brasileiro, IF SUDESTE MG

COORDENADORA DO PROFEPT

DOUTORA

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa (1984), mestrado em Fitotecnia (Produção Vegetal) pela Universidade Federal de Viçosa (1988) e doutorado em Fitotecnia (Produção Vegetal) pela Universidade Federal de Viçosa (2010). Atualmente é professor do Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Produção vegetal, atuando principalmente nos seguintes temas: sementes, plantas 

Referências

ANTUNES, Ricardo. Os sentidos do trabalho: ensaio sobre a qualificação e a negação do trabalho. São Paulo: Boitempo, 1999.

ARAÚJO, Adilson César; SILVA, Claudio Nei Nascimento (orgs.). Ensino médio integrado no Brasil: fundamentos, práticas e desafios. Brasília: Ed. IFB, 2017. 569 p. Acessado em 15/07/2018. Disponível em: <https://even3.azureedge.net/anais/SNEMI.pdf>.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

BRASIL, Ministério da Educação. Resolução no 6, de 20 de setembro de 2012. Define Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Profissional Técnica de Nível Médio. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil. Brasília, DF, 21 set.2012. Seção I, p.22.

BRASIL. Decreto 5.154, de 23 de julho de 2004. Regulamenta §2º do art. 36 e os arts. 39 a 41 da lei n. 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil. Brasília, DF, 26 jul.2004. Seção I, p.18.

BRASIL. Lei n. 8.069, de 13 de julho de 1990. Estatuto da Criança e do Adolescente. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil. Brasília, DF, 16 jul.1990 – Seção I, p.13563.

CIAVATTA, M. O ensino integrado, a politecnia e a educação omnilateral. Por que lutamos? Trabalho & Educação, Belo Horizonte, v.23, n.1, p.187-205, jan. 2014.

MINAS GERAIS. Conselho Estadual de Educação de Minas Gerais. Resolução nº 397 de 16 de setembro de 1994. Minas Gerais. Belo Horizonte, 01 out.1994. Acessado em 15/07/2018. Disponível em <http://srejuizdefora.educacao.mg.gov.br/images/Dipe/Res-CEE-397-1994-CAT.pdf>.

COSTA, Maria Adélia. Políticas de formação docente para a educação profissional: realidade ou utopia? Curitiba, PR: Appris, 2016.

FREITAS, Rony Claúdio de Oliveira; BARREIRO, Cristhianny Bento; FRANCO, Frederico Souzalima Caldoncelli; MURTA, Rogério; SOUZA, Ruberley Rodrigues. O Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica em Rede Nacional: considerações preliminares. Educação Profissional e Tecnológica em Revista, Vitória, v. 1, n.1, p. 74-89, dez. 2017.

FRIGOTTO, Gaudêncio. A polissemia da categoria trabalho e a batalha das ideias nas sociedades de classe. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 14, n. 40, p. 168-194, jan./abr. 2009.

FRIGOTTO, Gaudêncio; CIAVATTA, Maria; RAMOS, Marise (orgs.). Ensino médio integrado: concepção e contradições. São Paulo: Cortez, 2005.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6.ed. São Paulo: Atlas, 2008. 200p.

MOLL, Jaqueline. Educação profissional e tecnológica no Brasil contemporâneo: desafios, tensões e possibilidades. Porto Alegre: Artmed, 2010.

MOURA, Dante Henrique. Educação básica e educação profissional e tecnológica: dualidade histórica e perspectiva de integração. Holos, Natal, v.2, p.1-27, 2007.

MOURA, Dante Henrique; LIMA FILHO, Domingos Leite; SILVA, Mônica Ribeiro. Politecnia e formação integrada: confrontos conceituais, projetos políticos e contradições históricas da educação brasileira. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v.20, n.63, p.1057-1080, 2015.

OLIVEIRA, Francisco de. Crítica à razão dualista/ O ornitorrinco. São Paulo: Boitempo, 2003.

OLIVEIRA, Francisco de; RIZEK, Cibele. (orgs.). A era da indeterminação. São Paulo: Boitempo, 2007, p. 15-45.

PASQUALLI, Roberta; VIEIRA, Josimar A.; CASTAMAN, Ana Sara. Produtos educacionais na formação do mestre em educação profissional e tecnológica. Educitec, Manaus, v. 04, n. 07, p. 106-120, jun. 2018.

PROFEPT. Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional e Tecnológica. Regulamento. Disponível em: <http://profept.ifes.edu.br/regulamentoprofept>. Acesso em: 30 jul. 2018a.

PROFEPT. Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional e Tecnológica. Anexo ao Regulamento. Disponível em: <http://profept.ifes.edu.br/regulamentoprofept?showall=&start=1>. Acesso em: 30 jul. 2018b.

RAMOS, Marise. Concepção do Ensino Médio Integrado. [S.l.]. 2008.

RAMOS, Marise. Ensino Médio Integrado: Ciência, Trabalho e Cultura na Relação entre Educação Profissional e Educação Básica. In: MOLL, J. Educação Profissional e Tecnológica no Brasil Contemporâneo: Desafios, Tensões e Possibilidades. Porto Alegre: Artmed, 2010.

RODRIGUES, José. O moderno príncipe industrial: o pensamento pedagógico da Confederação Nacional da Industria. Campinas/SP: Autores Associados, 1998.

SANTIAGO, Raquel Vidigal. O trabalho docente no ensino básico, técnico e tecnológico: o caso do IF Sudeste MG – campus Rio Pomba. 2015. 179 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Viçosa, Viçosa.

SAVIANI, Dermeval. Trabalho e educação: fundamentos ontológicos e históricos. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 12, n. 34, p. 152-180, jan./abr. 2007.

SAVIANI, Dermeval. O choque teórico da Politecnia. Trabalho, Educação e Saúde, Rio de Janeiro, v.1, n.1, p.131-152, 2003.

SEVERINO, Antônio Joaquim; SEVERINO, Estêvão Santos. Ensinar e aprender com pesquisa no Ensino Médio. São Paulo: Cortez, 2012.

VIEIRA, Marilandi Maria Mascarello; VIEIRA, Josimar de Aparecido; PASQUALLI, Roberta. Formação de professores da Educação Profissional nos Programas Especiais de Formação Pedagógica. Revista Brasileira da Educação Profissional Tecnológica, Natal, v.1, n. 7, p. 43-55, dez. 2014.

Downloads

Publicado

14-11-2018

Como Citar

MIRANDA, P. R. de; BERTHOLDO, G. B. B.; BRASILEIRO, B. G. Práticas Educativas na Educação Profissional e Tecnológica: uma experiência na disciplina de Bases Conceituais do ProfEPT. Educitec - Revista de Estudos e Pesquisas sobre Ensino Tecnológico, Manaus, Brasil, v. 4, n. 08, 2018. DOI: 10.31417/educitec.v4i08.576. Disponível em: https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/article/view/576. Acesso em: 19 jul. 2024.

Edição

Seção

Edição Especial 2018: Gestão e Práticas Educativas na Educação Profissional
Received 2018-08-26
Accepted 2018-10-25
Published 2018-11-14