Desafios e avanços educacionais em tempos da COVID-19

a docência no Ensino Remoto em cursos de Engenharia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31417/educitec.v6.1529

Palavras-chave:

Educação a Distância, Tecnologia Educacional, Avaliação da Aprendizagem

Resumo

Os desafios impostos pela pandemia causada pelo contágio da COVID-19 foram significativos, em especial na realidade da Educação em Engenharia, área onde as disciplinas são majoritariamente ministradas a partir de aulas expositivas e baseadas em avaliações presencias. Neste sentido, este artigo tem por objetivo identificar os limites e possiblidades do ensino remoto para cursos de Engenharia, a partir de uma pesquisa qualitativa com coordenadores e alunos de cursos de Engenharia de uma instituição pública. Foram utilizadas três categorias para as análises, baseadas no decreto que regulamenta a Educação a Distância no Brasil, quais sejam: (i) concepção de educação e currículo no processo ensino-aprendizagem; (ii) Material Didático; (iii) Avaliação da Aprendizagem. Como resultados, pode-se observar que houve um significativo avanço no uso de recursos tecnológicos por parte dos professores, um maior acesso dos alunos aos registros e materiais utilizados nas aulas, uma diversificação dos instrumentos de avaliação e uma insegurança quando a fidedignidade do processo avaliativo. Conclui-se que, a partir da experiência acumulada ao longo do exercício docente nos tempos de pandemia, poderá haver uma expressiva transformação no ensino mediado por tecnologias, em especial no que tange a um melhor aproveitamento dos recursos tecnológicos disponíveis. Todavia, para que ocorra a melhoria efetiva dos processos pedagógicos nos cursos de Engenharia, as discussões precisam ser ampliadas e potencializadas.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

ALVES, Lucineia. Educação a Distância: conceitos e história no Brasil e no mundo. Revista Brasileira de Aprendizagem Aberta e a Distância, São Paulo, v. 10, p. 83-92, 2011. Disponível em: https://doi.org/10.17143/rbaad.v10i0.235 Acesso em: 15 abr. 2020.

ANDREATTA-DA-COSTA, Luciano; FRANCO, Sérgio Roberto Kieling. Ambientes Virtuais de Aprendizagem e suas possibilidades construtivistas. Revista Novas Tecnologias na Educação (RENOTE),Porto Alegre, v. 3, n. 1, 2005. Disponível em: https://doi.org/10.22456/1679-1916.13781 Acesso em: 15 abr. 2020.

BEHAR, Patrícia Alejandra; PASSERINO, Liliane.; BERNARDI, Maira. Modelos pedagógicos para educação a distância: pressupostos teóricos para a construção de objetos de aprendizagem. Revista Novas Tecnologias na Educação (Renote), v. 5, n. 2, 2007. Disponível em: https://doi.org/10.22456/1679-1916.14242 Acesso em: 15 abr. 2020.

BRASIL. Ministe?rio da Educac?a?o. Decreto N° 5622, de 19 de dezembro de 2005. Regulamenta o art. 80 da Lei no. 9394 de 20 de dezembro de 1996. Dia?rio Oficial da Unia?o: Sec?a?o 1, Brasi?lia, DF, 20 dez. 2005.

BRASIL. Ministe?rio da Educac?a?o. Portaria N° 10, de 02 de julho de 2009. Fixa critérios para dispensa de avaliação in loco e dá outras providências. Dia?rio Oficial da Unia?o: Sec?a?o 1, Brasi?lia, DF, n. 125, p. 17, 03 jul. 2009.

BRASIL. Ministe?rio da Educac?a?o. Portaria N° 1134, de 10 de outubro de 2016. Revoga a Portaria MEC nº 4.059, de 10 de dezembro de 2004, e estabelece nova redação para o tema Dia?rio Oficial da Unia?o: Sec?a?o 1, Brasi?lia, DF, n. 196, p. 21, 11 out. 2016.

BRASIL. Ministe?rio da Educac?a?o. Decreto N° 9057, de 25 de maio de 2017. Regulamenta o art. 80 da Lei no. 9394 de 20 de dezembro de 1996. Dia?rio Oficial da Unia?o: Sec?a?o 1, Brasi?lia, DF, 26 mai. 2017.

BRASIL. Ministe?rio da Educac?a?o. Portaria N° 343, de 17 de marc?o de 2020. Dispo?e sobre a substituic?a?o das aulas presenciais por aulas em meios digitais enquanto durar a situac?a?o de pandemia do Novo Coronavi?rus - COVID-19. Dia?rio Oficial da Unia?o: Sec?a?o 1, Brasi?lia, DF, n. 53, p. 39, 18 mar. 2020.

BRASIL. Ministe?rio da Educac?a?o. Portaria N° 544, de 16 de junho de 2020. Dispo?e sobre a substituic?a?o das aulas presenciais por aulas em meios digitais, enquanto durar a situac?a?o de pandemia do novo coronavi?rus - Covid-19, e revoga as Portarias MEC no 343, de 17 de marc?o de 2020, no 345, de 19 de marc?o de 2020, e no 473, de 12 de maio de 2020. Dia?rio Oficial da Unia?o: Sec?a?o 1, Brasi?lia, DF, n. 114, p. 62, 17 jun. 2020.

BRASIL. Referenciais de Qualidade para a Educação Superior à Distância. Brasília: Ministério da Educação/Secretaria de Educação à Distância. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seed/arquivos/pdf/legislacao/refead1.pdf. Acesso em: 8 set. 2020.

CÂMARA, Rosana Hoffman. Análise de Conteúdo: da teoria à prática em pesquisas sociais aplicadas às organizações. Revista Interinstitucional de Psicologia, 6 (2) p. 179-191, jul-dez, 2013. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/gerais/v6n2/v6n2a03.pdf Acesso em: 15 ago. 2020.

FREIRE, P. Educação e mudança. 24 ed. São Paulo: Paz e Terra, 2001.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. São Paulo: Paz e Terra, 1974.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da esperança: um reencontro com a Pedagogia do oprimido. São Paulo: Paz e Terra, 1992.

GOTTARDI, Mônica de Lourdes. A autonomia na aprendizagem em educação a distância: competência a ser desenvolvida pelo aluno. Revista Brasileira de Educação Aberta e a Distância, São Paulo, v.14, p. 109-123, 2015. Disponível em: https://doi.org/10.17143/rbaad.v14i0.268 Acesso em: 15 ago. 2020.

LORENÇATTO, Mauro. A configuração didática para mediação pedagógica do curso de especialização em Docência para Educação Profissional, na modalidade educação a distância, do Instituto Federal de Santa Catarina. Revista de Estudos e Pesquisas sobre Ensino Tecnológico (EDUCITEC), v. 4, 08, p. 268-278, 2018. Disponível em: https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/article/view/484 Acesso em: 15 out. 2020.

MARTINS, Vivian.; ALMEIDA, Joelma Fabiane Ferreira. As videoaulas e os desafios para a produção de material didático: pensando a docência na educação online. Revista de Estudos e Pesquisas sobre Ensino Tecnológico - Educitec, Manaus, v. 04, n. 08, p. 597-614, nov. 2018. Edição especial. Disponível em: https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/article/view/447 Acesso em: 15 set. 2020.

MOREIRA, Marco Antônio. Metodologia de Pesquisa em Ensino. São Paulo: Livraria da Física, 2011.

PIAGET, Jean. A Epistemologia Genética. São Paulo: Martins Fontes, 1990.

VASCONCELOS, Yumara Lúcia; YOSHITAKE, Mariano; FRANÇA, Suely Morais de; Cavalcanti, ANTÃO, Marcelo Freitas Athayde. Construtivismo na Educação a Distância. UNOPAR Científica Ciências Humanas e Educação, Londrina, v. 16, n.4, p. 338-348, 2015. Disponível em: https://doi.org/10.17921/2447-8733.2015v16n4p338-348Acesso em: 15 ago. 2020.

VIEIRA, Marili Moreira da SIlva; LOPES, Ana Lúcia de. Quarentena COVID: percepção de alunos sobre sua aprendizagem. São Paulo: Ed. dos autores, 2020.

Downloads

Publicado

2020-12-18

Como Citar

COSTA, L. A. C. Desafios e avanços educacionais em tempos da COVID-19: a docência no Ensino Remoto em cursos de Engenharia. Educitec - Revista de Estudos e Pesquisas sobre Ensino Tecnológico, Manaus, Brasil, v. 6, p. e152920, 2020. DOI: 10.31417/educitec.v6.1529. Disponível em: https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/article/view/1529. Acesso em: 30 nov. 2021.