Práticas investigativas na Educação Infantil

estado do Conhecimento focalizado em eventos promovidos pelas Associações Nacionais de Pesquisa (2018-2023)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31417/educitec.v10.2331

Palavras-chave:

abordagem de pesquisa, métodos de ensino, análise de conteúdo

Resumo

Neste artigo apresenta-se um recorte do Estado do Conhecimento - EC acerca do desenvolvimento de práticas investigativas no contexto da Educação Infantil. Para tanto, focaliza-se a análise em Anais de eventos publicados pelas Associações Nacionais de Pesquisa (ANPEd, ABRAPEC, ANDIPE) no período de 2018-2023. Os procedimentos metodológicos da pesquisa aproximam-se da proposta de metodologia de análise bibliográfica de Estado do Conhecimento (Morosini, 2015; Morosini; Kohls-Santos; Bittencourt, 2021). A pesquisa ocorreu em duas fases, sendo que na primeira, nomeada de estruturante, foram delimitados e justificados descritores, critérios de inclusão e exclusão, bem como estabelecido e justificado o recorte temporal. Na segunda, realizou-se o mapeamento de produções e as etapas de Bibliografia Anotada, Bibliografia Sistematizada, Bibliografia Categorizada e Bibliografia Propositiva. Por meio do estudo, identifica-se que há uma polissemia de definições aos conceitos de investigação na Educação Infantil, associando-os ao desenvolvimento de projetos ou a Sequências de Ensino Investigativas. Percebe-se ainda a presença de interlocução das práticas investigativas com a organização dos espaços, materiais e o cotidiano infantil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Mateus Lorenzon, Universidade de Passo Fundo - UPF

Doutorando em Educação, Universidade de Passo Fundo - UPF, Passo Fundo, Rio Grande do Sul, Brasil.

Luiz Marcelo Darroz, Universidade de Passo Fundo - UPF

Licenciado em Matemática LP (UPF). Licenciado em Física (UFSM). Especialista em Física (UPF). Mestre em Ensino de Física (UFRGS). Doutor em Educação em Ciências (UFRGS). Atualmente é professor da Universidade de Passo Fundo e professor de física e matemática na Educação Básica. 

Cleci Teresinha Werner da Rosa, Universidade de Passo Fundo - UPF

Graduada em Matemática com habilitação em Física, Especialista em Educação Matemática, Especialista em Ensino de Física, Mestre em Educação (UPF), Doutora em Educação Científica e Tecnológica (UFSC) com estudos na Universidad de Alcalá de Henares - España e Estágio pós-doutoral na Unversidad de Burgos - España (2017-2018). Professora de Física da Educação Básica de 1990-2002 e atualmente professora Titular III da Universidade de Passo Fundo (1993- ), vinculada à Área/Departamento de Física.

Referências

BAKHTIN, M. Estética da Criação Verbal. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

BARBOSA, F. F.; MARQUES, A. C. T. L. O currículo do berçário: reflexões sobre a aproximação de crianças de 1 e 2 anos ao conhecimento científico. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 12., 2019, Natal. Anais [...]. Natal: ABRAPEC, 2019. p. 1-7. Disponível em: https://abrapec.com/enpec/xii-enpec/anais/trabalhos.htm. Acesso em: 29 abr. 2024.

BRASIL. Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil. v. 1. Brasília: Ministério da Educação, 1998.

BRASIL. Lei 9.394/1996. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília, DF, 1996.

CARREIRO, H. J. S.; BAMBI, M. L. F.; SCHINDHELM, V. Brincadeiras e Projetos no Ensino e Aprendizagem de crianças. In: ENCONTRO NACIONAL DE DIDÁTICA E PRÁTICA DE ENSINO, 20., 2020, Rio de Janeiro. Anais [...]. Rio de Janeiro: ANDIPE, 2020. p. 322-328. Disponível em: https://www.andipe.com.br/c%C3%B3pia-publica%C3%A7%C3%B5es. Acesso em: 29 abr. 2024.

CARVALHO, A. M. P. O ensino de Ciências e a proposição de sequências de ensino investigativas. In: CARVALHO, A. M. P. Ensino de Ciências por investigação: condições para implementação em sala de aula. São Paulo: Cengage Learning, 2013. p. 1-20.

CARVALHO, J. A. et al. A elaboração de uma SEI para crianças da educação infantil: possibilitando o engajamento em práticas epistêmicas. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 13., 2021. Anais [...]. ENPEC, 2021. p. 1-9. Disponível em: https://editorarealize.com.br/edicao/detalhes/anais-do-xiii-encontro-nacional-de-pesquisa-em-educacao-em-ciencias. Acesso em: 29 abr. 2024.

CERDAS, E.; FUJIHARA, J. Prática de ciências na educação infantil: análise de uma experiência didática. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 13., 2021. Anais [...]. ENPEC, 2021. p. 1-7. Disponível em: https://editorarealize.com.br/edicao/detalhes/anais-do-xiii-encontro-nacional-de-pesquisa-em-educacao-em-ciencias. Acesso em: 29 abr. 2024.

COELHO, I. M. W. da S. Métodos sistemáticos de revisão de literatura científica: apontamentos para o desenvolvimento e publicação de pesquisas educacionais. Educitec, Manaus, v. 9., p. 1-23, 2023. Disponível em: https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/article/view/2165. Acesso em: 29 abr. 2024.

DEWEY, J. Experiência e Educação. Petrópolis, RJ: Vozes, 2023.

ECO, U. Como se faz uma tese? São Paulo: Editora Perspectiva, 2009.

FERNANDES, A. S.; RIBEIRO, L. A. S.; SILVEIRA, C. O Ensino de Ciências na Educação Infantil: um estudo a partir da perspectiva docente. In: In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 13., 2019. Anais [...]. ENPEC, 2019. p. 1-7. Disponível em: https://abrapec.com/enpec/xii-enpec/anais/busca_1.htm?query=ribeiro. Acesso em: 29 abr. 2024.

FERREIRA, A. K. A. O que as crianças pensam sobre museus. In: ENCONTRO NACIONAL DE DIDÁTICA E PRÁTICA DE ENSINO, 20.,2020, Rio de Janeiro. Anais [...]. Rio de Janeiro: ANDIPE, 2020. p. 1226-1233. Disponível em: https://www.andipe.com.br/c%C3%B3pia-publica%C3%A7%C3%B5es. Acesso em: 29 abr. 2024.

FERREIRA, N. S. de A. As pesquisas denominadas “Estado da Arte”. Educação e Sociedade. n. 79. p. 257-272. Agosto 2002. Disponível em: https://www.scielo.br/j/es/a/vPsyhSBW4xJT48FfrdCtqfp/abstract/?lang=pt. Acesso em: 29 abr. 2024.

GABRIEL, A. G. P. Práticas Pedagógicas Investigativas na Educação Infantil: o cotidiano de egressas do curso de Pedagogia da Faculdade de Alta Floresta - MT. 2018. Dissertação (Mestrado em Ensino). -Universidade do Vale do Taquari, Lajeado, Rio Grande do Sul, 2018.

HERNÁNDEZ, F. Transgressão e mudança na educação. Os projetos de trabalho. Porto Alegre: Artmed, 1998.

HERNÁNDEZ, F.; VENTURA, M. A organização do currículo por projetos de trabalho: O conhecimento é um caleidoscópio. Porto Alegre: Artmed, 1998.

JUNIOR KUHLMANN, M. Infância e Educação Infantil: uma abordagem histórica. Porto Alegre: Editora Mediação, 1998.

KAMII, C.; DEVRIES, R. O conhecimento físico na Educação Pré-escolar. Implicações da Teoria de Piaget. Porto Alegre: Artmed, 1985.

KATZ, L. O que podemos aprender com Reggio Emilia? In: EDWARDS, C.; GANDINI, L.; FORMAN, G. (org.). As Cem Linguagens da Criança: a abordagem de Reggio Emilia na educação da primeira infância. Porto Alegre: Editora Penso, 2016. p. 37-56.

KILPATRICK, W. H. Educação para uma sociedade em transformação. Petrópolis: Vozes, 2011.

LACERDA, A. R. de A. et al. Ensino de Ciências na Educação Infantil: tecendo reflexões sobre a formação docente e a práxis pedagógica. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 12., 2019, Natal. Anais [...]. Natal: ENPEC, 2019. p. 1-7. Disponível em: https://abrapec.com/enpec/xii-enpec/anais/trabalhos.htm. Acesso em: 29 abr. 2024.

MACHADO, M. L. A. Pré-escola é não é escola: a busca de um caminho. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1991.

MALAGUZZI, L. De jeito nenhum. As cem estão lá. In: EDWARDS, C.; GANDINI, L.; FORMAN, G. (org.). As Cem Linguagens da Criança: A experiência de Reggio Emilia em transformação. Porto Alegre: Editora Penso, 2016. p. 20-23.

MARAFIGA, A. W. et al. O planejamento coletivo como potencializador das práticas educativas com crianças de Educação infantil: O projeto sobre abelhas. In: ENCONTRO NACIONAL DE DIDÁTICA E PRÁTICA DE ENSINO, 20., 2020, Rio de Janeiro. Anais [...]. Rio de Janeiro: ANDIPE, 2020. p. 1235-1241. Disponível em: https://www.andipe.com.br/c%C3%B3pia-publica%C3%A7%C3%B5es. Acesso em: 29 abr. 2024.

MORAES, R.; GALIAZZI, M. do C. Análise Textual Discursiva. 2. ed. Ijuí: Ed. Unijuí, 2011.

MORAES, R.; RAMOS, M. G.; GALIAZZI, M. do C. A epistemologia do aprender no Educar pela Pesquisa em Ciências: Alguns pressupostos teóricos. In: MORAES, R.; MANCUSO, R. (org.). Educação em Ciências: produção de currículos e formação de professores. Rio Grande do Sul: Editora Unijuí, 2004. p. 85-107.

MOREIRA, I. de B.; MAURENTE, V. M. M. O método investigativo no Ensino de Ciências: uma análise dos trabalhos publicados nos ENPECs (VIII ao XIII). In: ENCONTRO NACIONAL DE DIDÁTICA E PRÁTICA DE ENSINO, 20., 2022, Uberlândia. Anais [...]. Uberlândia: ANDIPE, 2022. p. 408-416. Disponível em: https://www.andipe.com.br/c%C3%B3pia-publica%C3%A7%C3%B5es. Acesso em: 29 abr. 2024.

MOROSINI, M. C. Estado do conhecimento e questões do campo científico. Educação, Santa Maria, v. 40, n. 1. p. 101-116, 2015. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao/article/view/15822. Acesso em: 29 abr. 2024.

MOROSINI, M.; FERNANDES, C. M. B. Estado do Conhecimento: conceitos, finalidades e interlocuções. Educação por Escrito, Porto Alegre, v. 5, n. 2, p. 154-164, 2014. Disponível em: https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/porescrito/article/view/18875. Acesso em: 29 abr. 2024.

MOROSINI, M.; KOHLS-SANTOS, P.; BITTENCOURT, Z. Estado do Conhecimento: teoria e prática. Curitiba: Editora CRV, 2021.

PEREIRA, I. D. M.; NORBERG, M. Ensino de Ciências e Alfabetização Científica: Prática pedagógica no ciclo de alfabetização. In: REUNIÃO REGIONAL DA ANPED, 13., 2020, Blumenau. Anais [...]. Blumenau: ANPED, 2020. p. 1-7. Disponível em: http://anais.anped.org.br/regionais/sul2020. Acesso em: 29 abr. 2024.

PERROTTA, C. S. et al. Entre sabores, cores e aromas: a alimentação escolar como experiência da infância. In: ENCONTRO NACIONAL DE DIDÁTICA E PRÁTICA DE ENSINO, 20., 2020, Rio de Janeiro. Anais [...]. Rio de Janeiro: ENDIPE, 2020. p. 1133-1225. Disponível em:

https://www.andipe.com.br/c%C3%B3pia-publica%C3%A7%C3%B5es. Acesso em: 29 abr. 2024.

ROCHA, E. A. C. A pedagogia e a Educação infantil. Revista Brasileira de Educação, São Paulo, n.16, p. 27-34, 2001. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbedu/a/v3P9wYtgnVDf3DcVcywdLSK/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 29 abr. 2024.

RINALDI, C. Diálogos com Reggio Emilia: escutar, investigar e aprender. São Paulo: Paz e Terra, 2016.

SABALLA, R. O infraordinário na Docência com crianças na Educação Infantil. In: SANTIAGO, F.; MOURA, T. A. (org.). Infâncias e docências: descobertas e desafios de tornar-se professora e professor. São Carlos: Pedro & João Editores, 2021. p. 71-108.

SANTOS, M. A. R. et al. Estado da Arte: aspectos históricos e fundamentos teórico-metodológicos. Revista Pesquisa Qualitativa, São Paulo, v. 8, n. 17. p. 202-220, 2020. Disponível em: https://editora.sepq.org.br/rpq/article/view/215. Acesso em: 29 abr. 2020.

SANTOS, A. M.; VERÍSSIMO, A. C. B. Educação na primeira infância: rotinas e cotidiano como categorias pedagógicas. In: REUNIÃO NACIONAL ANPED, 39., 2019, Niterói. Anais [...]. Niterói: ANPED, 2019. p. 1-3. Disponível em: https://www.anped.org.br/news/anais-de-trabalhos-da-39a-reuniao-nacional-da-anped-2019. Acesso em: 29 abr. 2024.

SCHNEIDER, M. C. O Protagonismo Infantil e as Estratégias de Ensino que o favorecem em uma turma de Educação Infantil. 2015. Dissertação (Mestrado em Ensino) - Universidade do Vale do Taquari, Rio Grande do Sul, 2015.

SILVA, A. L. R.; SUSANO, C. C. A criança, o espaço e a relação com a natureza. In: ENCONTRO NACIONAL DE DIDÁTICA E PRÁTICA DE ENSINO, 20., 2020, Rio de Janeiro. Anais [...]. Rio de Janeiro: ENDIPE, 2020. p. 282-285. Disponível em: https://www.andipe.com.br/c%C3%B3pia-publica%C3%A7%C3%B5es. Acesso em: 29 abr. 2024.

SILVA, C. R. A.; CLARO, A. L. de A. Progettaione - A atuação das crianças e o papel dos professores. In: ENCONTRO NACIONAL DE DIDÁTICA E PRÁTICA DE ENSINO, 20., 2020, Rio de Janeiro. Anais [...]. Rio de Janeiro: ENDIPE, 2020. p. 501-507. Disponível em: https://www.andipe.com.br/c%C3%B3pia-publica%C3%A7%C3%B5es. Acesso em: 29 abr. 2024.

SILVA, J. S. O Planejamento no Enfoque Emergente: uma experiência no 1º Ano do Ensino Fundamental de Nove Anos. 2011. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Porto Alegre: 2011.

ZÔMPERO, A. F.; LABURÚ, C. E. Atividades Investigativas no Ensino de Ciências: aspectos históricos e diferentes abordagens. Ensaio, Belo Horizonte, v. 13, n. 03, 2011. p. 67-80. Disponível em: https://www.scielo.br/j/epec/a/LQnxWqSrmzNsrRzHh3KJYbQ/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 29 abr. 2024.

Downloads

Publicado

29-05-2024

Como Citar

LORENZON, M.; DARROZ, L. M.; ROSA, C. T. W. da. Práticas investigativas na Educação Infantil: estado do Conhecimento focalizado em eventos promovidos pelas Associações Nacionais de Pesquisa (2018-2023) . Educitec - Revista de Estudos e Pesquisas sobre Ensino Tecnológico, Manaus, Brasil, v. 10, n. jan./dez., p. e233124, 2024. DOI: 10.31417/educitec.v10.2331. Disponível em: https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/article/view/2331. Acesso em: 19 jul. 2024.