Construindo pontes entre o Design Thinking e a aprendizagem criativa

possibilidades para o ensino tecnológico

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31417/educitec.v10.2324

Palavras-chave:

Aprendizagem criativa, Design Thinking, Educação para Inovação, Ensino Tecnológico

Resumo

O presente artigo tem como objetivo estabelecer convergências entre a abordagem Design Thinking, aplicada a contextos educacionais, sob a ótica de Tim Brown, e a aprendizagem criativa, baseada no  livro Jardim de infância para a vida toda: por uma aprendizagem criativa, mão na massa e para todos, de Mitchel Resnick, na perspectiva de um Ensino Tecnológico Inovador (ETI). Adotando como metodologia a pesquisa bibliográfica, utilizou-se a Análise de Conteúdo, na perspectiva de Bardin. Os dados foram  sintetizados a partir da construção de dois mapas mentais. Como resultado, foi possível a construção de costuras consistentes entre os conceitos gerais de ambas as abordagens, reforçadas pelos cinco componentes da espiral da aprendizagem criativa, e entre cada uma das etapas do Design Thinking. Conclui-se que as abordagens, apesar de distintas, têm um objetivo semelhante: fornecer ferramentas para que as pessoas possam desenvolver seu potencial criativo. As relações estabelecidas vão ao encontro da perspectiva do ETI, pois revelaram a importância do protagonismo dos estudantes, da relação entre a teoria e a prática e da própria reflexão crítica acerca dos impactos da tecnologia e do caráter social do conhecimento.   

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Luciano Andreatta Carvalho da Costa , Universidade Estadual do Rio Grande do Sul - UERGS

Possui graduação em Engenharia Civil (1994) e Licenciatura em Matemática (1998), pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS, especialização em Edificações pela PUCRS (1996), mestrado (2000) e doutorado (2004) em Engenharia Civil pela UFRGS, no tema da Educação em Engenharia, tendo sido a tese premiada pelo PAPED - Programa de Apoio à Pesquisa em EAD da CAPES. É Professor Adjunto da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul - UERGS, fazendo parte do corpo docente dos cursos de Engenharia, coordenando o Programa de Pós-Graduação em Formação Docente para Ciências, Tecnologias, Engenharias e Matemática - PPGSTEM e atuando como professor permanente no Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGED. Atua como professor colaborador do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências - PPGEC, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS, onde orienta alunos de mestrado e doutorado. É professor do curso de Engenharia Civil da FTEC - Faculdade de Tecnologia e Professor de Matemática da Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha. De fevereiro de 2011 a dezembro de 2014 exerceu o cargo de Diretor Técnico da Secretaria de Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico do Estado do RS e foi membro do Conselho Superior da UERGS. De 2007 a 2010 exerceu os cargos de coordenador de curso de Engenharia civil e Presidente de Colegiado de Engenharia e Tecnologias junto ao Centro Universitário Metodista do IPA. É vice-coordenador do comitê de assessoramento da FAPERGS da área de Educação. Tem experiência na área de Educação Científica e Tecnológica, com organização e capítulos de livros, artigos científicos, revisão de periódicos e editoras, bem como experiência em orientação acadêmica de mestrado e doutorado.

Rodrigo Moreira Barreto, Universidade Estadual do Rio Grande do Sul - UERGS

Professor, pesquisador e desenvolvedor, Bacharel em Ciência da Computação (PUCRS/2014) e Mestre em Educação (UERGS/2022) com ênfase em pesquisa científica e tecnológica (atuando em projeto de relevância junto à Marinha Americana durante bolsa no VHLAB / Virtual Humans Laboratory, da PUCRS, com artigo publicado em conferência A1). Experiência de mais de 20 anos no ensino de programação, lógica e matemática para computação, na análise e desenvolvimento de softwares em diferentes linguagens, além de treinamentos de softwares para clientes e equipes. Responsável pelo desenvolvimento do plano de ensino da disciplina de IOT (Internet of Thinks) e Aplicativos 1 (Android nativo) da QI Faculdade e Escola Técnica. Profissional de TI criativo com expertise na integração de soluções diversas de hardware e software, com projetos premiados em feiras tecnológicas nacionais e internacionais. Mestre em Educação e Bacharel em Ciência da Computação Atualmente, vice-presidente Social de Talentos da AGTI (Associação Gaúcha de Tecnologia e Inovação do Vale do Gravataí), Coordenador do Centro de Pesquisa Joseph Elbling e integrante da mesa de trabalho do Grupo de Educação no InovaRS (Região Metropolitana e Litoral Norte).

Referências

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BARRETO, R. M. O ensino técnico além da técnica: Design Thinking e aprendizagem significativa. 2022. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Estadual do Rio Grande do Sul, Osório, 2022.

BAZZO, W. A. Cultura científica versus humanística: CTS é o elo? Revista Iberoamericana de Educación (Impressa), v. 58, p. 61-79, 2012. DOI: https://doi.org/10.35362/rie580473

BAZZO, W. A. De técnico e de humano: questões contemporâneas. 3. ed. atual. e ampl. Florianópolis: Ed. da UFSC, 2019.

BAZZO, W. A.; ANDREATTA-DA-COSTA, L. A Revolução 4.0 e seus impactos na formação do professor em Engenharia. Revista de Ensino de Engenharia, v. 38, n. 3, p. 28-39, 2019. DOI: 10.37702/REE2236-0158.v38n3p28-39.2019

BROWN, T. Design Thinking: uma metodologia poderosa para decretar o fim das velhas ideias. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.

BROWN, T. Design Thinking para educadores. Versão brasileira pelo Instituto Akatu. 2014. Disponível em: http://www.dtparaeducadores.org.br. Acesso em: 5 jan. 2022.

CAVALCANTI, C.; FILATRO, A. Design Thinking na educação presencial, a distância e corporativa. São Paulo: Somos Educação e Saraiva Editora, 2017.

CIVIERO, P. A. G ; BAZZO, W. A. Equação civilizatória: gênese e estrutura. Revista Dynamis, Blumenau, v. 28, n. 2, p. 97-114, 2022. DOI: https://doi.org/10.7867/1982-4866.2022v28n2p97-114

FARIAS, M. S. F. de; MENDONÇA, A. P. Design Thinking como percurso metodológico para construção de produto educacional: uma experiência no mestrado profissional na área de ensino. Educitec – Revista de Estudos e Pesquisas sobre Ensino Tecnológico, v. 7, p. e103621-e103621, 2021. DOI: https://doi.org/10.31417/educitec.v7.1036

PAPERT, S. LOGO: computadores e educação. São Paulo: Brasiliense, 1986.

RESNICK, M. Jardim de Infância para a vida toda: por uma aprendizagem criativa, mão na massa e relevante para todos. 2. ed. Porto Alegre: Penso, 2020.

RESNICK, M. All I Really Need to Know (About Creative Thinking)

I Learned (By Studying How Children Learn) in Kindergarten. Disponível em: https://web.media.mit.edu/~mres/papers/kindergarten-learning-approach.pdf. Acesso em: 5 dez. 2021.

ROCHA, J. Design Thinking na formação de professores: novos olhares para os desafios da educação. In: BACICH, L. (org.); MORAN, J. Metodologias ativas para uma educação inovadora. Porto Alegre: Penso, 2017. p. 174-195.

ROSA, A. H.; NASCIMENTO-E-SILVA, D. Conceptual foundations of technology and technological teaching: concepts, conceptions, and teaching performance. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 6, p. e44211629482, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i6.29482. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/29482. Acesso em: 20 out. 2023. DOI: https://doi.org/10.33448/rsd-v11i6.29482

SILVA, R. O.; ATAIDE, J. A. O.; RIVERA, J. A.; NASCIMENTO-E-SILVA, D. Educação maker: entre teorias e práticas na educação profissional e tecnológica. In: DICKMANN, I. (org.). Esperançar: criar e recriar a educação. Veranópolis: Diálogo Freiriano, 2023. v. 1, p. 362-375.

Downloads

Publicado

25-01-2024

Como Citar

COSTA , L. A. C. da; BARRETO, R. M. Construindo pontes entre o Design Thinking e a aprendizagem criativa: possibilidades para o ensino tecnológico . Educitec - Revista de Estudos e Pesquisas sobre Ensino Tecnológico, Manaus, Brasil, v. 10, n. jan./dez., p. e232424, 2024. DOI: 10.31417/educitec.v10.2324. Disponível em: https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/article/view/2324. Acesso em: 19 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Ensino Tecnológico e Inovação: perspectivas para o futuro próximo
Received 2023-11-19
Accepted 2024-01-25
Published 2024-01-25