A música como recurso didático no Ensino Integrado

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31417/educitec.v10.2248

Palavras-chave:

Educação Profissional e Tecnológica, Música, Sociologia

Resumo

Esta pesquisa teve como objetivo compreender como a música e a sua letra podem ser utilizadas como ferramentas no processo de ensino-aprendizagem dos estudantes da 1ª Série do Curso Técnico de Nível Médio Integrado em Informática, do Campus Aracaju/IFS, na disciplina de Sociologia. A metodologia utilizada foi uma pesquisa qualitativa e para a coleta dos dados, foram utilizados questionários e entrevistas semiestruturadas. Como resultado, foi elaborado um Produto Educacional que foi aplicado e avaliado com a intenção de mostrar que a música e sua letra podem e devem ser utilizadas como recurso pedagógico; posto que estimulam a reflexão e relação da teoria com o contexto social, funcionando como um fator motivador de estudo, além de abrir possibilidades pedagógicas para trabalhar temas transversais ou práticas interdisciplinares, dando possibilidades aos discentes refletirem em relação a sua atuação no mercado de trabalho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Erasmo Ribeiro da Silva Júnior, Instituto Federal de Sergipe

Graduado em Logística pela Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe (FANESE - 2010), pós graduado em Gestão Pública, pela Faculdade São Luis de França (FLSF - 2012), Bacharel em Administração na Faculdade São Luís de França, mestrado em Educação pelo Programa de Pós-Graduação Profissional em Educação Profissional e Tecnológica - PROFEPT. Trabalho no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sergipe no cargo de Assistente em administração, atuando na área Administrativa (Licitações/Compras e atendimento ao publico). Possuo uma facilidade de comunicação contribuindo de forma assertiva para o desenvolvimento dos processos gerenciais da organização, sendo dessa forma pró ativo, comprometido e também ético. Procuro sempre está atualizado, fazer cursos e treinamentos no que diz respeito as minhas atribuições e funções, e também aprender novas coisas que contribuíam para o meu desenvolvimento intelectual e profissional. Possuo experiência na atividade de professor de matemática, física, e professor formador no Curso de Administração/EAD. Possuo experiência na atividade administrativa de compras/licitações.

Rodrigo Bozi Ferrete, Instituto Federal de Sergipe

Professor efetivo do Instituto Federal de Sergipe (IFS), lotado na Coordenação do Curso de Licenciatura em Matemática. Professor do Mestrado em Educação Profissional e Tecnológica do IFS. Doutor em Educação pela Universidade Federal de Sergipe, Mestre em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte e graduado em Licenciatura em Matemática pela Universidade do Estado do Pará. Atualmente Líder do Grupo de Pesquisa em Inovação Tecnológica e Metodologia de Ensino do IFS (GPIT). Professor pesquisador com interesse central em pesquisas relacionadas a temática de metodologia de ensino.

Referências

Associação Brasileira de Educação Musical. Proposições da ABEM para a BNCC. 2016. Disponível em: http://www.abemeducacaomusical.com.br/docs/Proposicoes_da_ABEM_para_a_BNCC.pdf. Acesso em: 30 de jul. 2022.

ARAUJO-JORGER, T. C. de.; BARROS, M. D. M de.; ZANELLA, P. G. A música pode ser uma estratégia para o ensino de ciências naturais? Analisando concepções de professores de educação básica. Revista Ensaio, v. 15, n. 01, p. 81-94, 2013. Disponível em: https://www.scielo.br/j/epec/a/qVct7nwKmwBK6pBWjWV5thq/?lang=pt&format=pdf#:~:text=Em%20um%20estudo%20de%20Silva,em%20sala%20de%20aula%20despertou. Acesso em: 23 ago. 2021.

AUSUBEL, D. P. A aprendizagem significativa: a teoria de David Ausubel. São Paulo: Moraes, 1982.

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. tradução: Luís Antero Reto, Augusto Pinheiro. São Paulo: Edições 70, 2016.

BODART, C. das N. Usos de canções no ensino de Sociologia. 1. ed. Maceió: Editora Café com Sociologia, 2021. v. 1. 169.

CHARLOT, B. Da relação com o saber: elementos para uma teoria. Porto Alegre: Artmed, 2000.

CIAVATTA, M. A. Formação Integrada: a escola e o trabalho como lugares de memória e de identidade. Trabalho Necessário, ano 3, n°3, 2005. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/325954886_A_FORMACAO_INTEGRADA_A_ESCOLA_E_O_TRABALHO_COMO_LUGARES_DE_MEMORIA_E_DE_IDENTIDADE. Acesso em: 23 mai. 2022.

COMIM, A. A. G; MOURAD, L. A. P. O uso da música como um recurso pedagógico para o ensino de ciências sociais no ensino médio. Santa Maria, 2015. 23f. TCC (Graduação) – Universidade Federal de Santa Maria, Curso de Ciências Sociais. Disponível em: https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/2620/andre_alvarez_grohe_comin_tcc2.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 19 mai 2023.

CORREIA, C. de S. V. SPESSATTO, M. B. No Ritmo da Música: Análise de uma Experiência com Estudantes do Ensino Médio em Aulas de Sociologia. Revista Prática Docente (RPD). ISSN: 2526-2149.Instituto Federal de Mato Grosso - Campus Confresa. Revista Prática Docente. v. 4, n. 2, p. 852-868, jul/dez 2019. Disponível em: file:///C:/Users/Usu%C3%A1rio/Downloads/NO_RITMO_DA_MUSICA_ANALISE_DE_UMA_EXPERIENCIA_COM_.pdf. Acesso em: 12 set. 2021.

FRIGOTTO, G.; CIAVATTA, M.; RAMOS, M. N. (org.). Ensino Médio Integrado: Concepção e contradições. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2012.

LINO, D. L. MÚSICA E EDUCAÇÃO: POÉTICAS DA ESCUTA. Reflexão E Ação. Revista de Pós-Graduação em Educação - Mestrado e Doutorado, Universidade de Santa Cruz do Sul – RS, v. 22 n. 1, janeiro – junho, 2014. Disponível em: https://online.unisc.br/seer/index.php/reflex/issue/view/225. Acesso em: 15 jun. 2021.

OLIVEIRA, V. P. de. A influência do gosto musical no processo de construção da identidade na juventude. 2012. Disponível em: https://www.psicologia.pt/artigos/textos/a0661.pdf. Acesso em: 14 nov. 2021.

MOREIRA. M. A. Organizadores Prévios e Aprendizagem Significativa. Revista Chilena de Educación Científica, ISSN 0717-9618, Vol. 7, Nº. 2, 2008, pp. 23-30. Revisado em 2012. Disponível em: https://www.if.ufrgs.br/~moreira/ORGANIZADORESport.pdf. Acesso em: 12 ago. 2022.

MOURA, D. H. Educação Básica e Educação Profissional e Tecnológica: Dualidade Histórica e perspectivas de integração. HOLOS, ano 23, v. 2, p. 4-30, 2007. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/HOLOS/article/view/11. Acesso em: 27 ago. 2022.

NGHIEM, M. D. Música, inteligência e personalidade: o comportamento do homem em função da manipulação cerebral; tradução: Felipe Lesage. Campinas-SP. Vide Editora. 2018.

PACHECO, E. Fundamentos Político-Pedagógicos dos Institutos Federais: diretrizes para uma educação profissional e tecnológica transformadora. Natal: Ifrn, 2015. 67 p. Disponível em: https://memoria.ifrn.edu.br/handle/1044/1018. Acesso em: 07 de julho 2021.

RAMOS, M. N. História e política da educação profissional. Curitiba: Instituto Federal do Paraná, 2014. (Coleção formação pedagógica; v. 5).

ROCQUE, L. Vanguarda em Pesquisa e Ensino em Ciência e Arte: Uma Experiência do Instituto Oswaldo Cruz. X Reunión de la Red de Popularización de la Ciencia y la Tecnología en América Latina y el Caribe (RED POP – UNESCO) y IV Taller “Ciencia, Comunicación y Sociedad” San José, Costa Rica, 9 al 11 de mayo, 2007. Disponível em https://www.cientec.or.cr/pop/2007/BR-LuciaRocque.pdf. Acesso em 25/10/2022.

SEKEFF, M. de L. Da música: Seus usos e recursos. 2ª. ed. unesp, 2007.

SILVA, E. L. da. MENEZES, E. M. Metodologia da pesquisa e elaboração de dissertação. 4ª.ed. rev. atual. – Florianópolis: UFSC, 2005.

SOUZA, A. R. de.et al. O uso da música como instrumento didático de ensino. Revista Ensino de saúde e Biotecnologia da Amazônia. v. 2, n. esp. P. 100-105. Out. 2020. Disponível em: https://periodicos.ufam.edu.br/index.php/resbam/article/view/6610. Acesso em: 15 maio. 2021.

TENNROLLER, D. C.; CUNHA, M. M. Música e Educação: a música no processo ensino/aprendizagem. Revista Eventos Pedagógicos. v. 3, n. 3, p. 33-43, Ago. – Dez. 2012. Disponível em: https://www.academia.edu/9759823/M%C3%9ASICA_E_EDUCA%C3%87%C3%83O_a_m%C3%BAsica_no_processo_ensino_aprendizagem. Acesso em: 25 out. 2021.

URBANETZ, S. T.; BASTOS, E. N. M. Paulo Freire e a Educação Profissional Técnica e Tecnológica. Práxis Educativa, Ponta Grossa, v. 16, e216602, p.1 - 14, 2021. Disponível em: https://www.revistas2.uepg.br/index.php/praxiseducativa. Acesso em: 23 out. 2021.

WISNIK. J. M. O som e o sentido: outra história das músicas. 3ª Ed. São Paulo. Companhia das Letras. 2017.

Downloads

Publicado

25-01-2024

Como Citar

SILVA JÚNIOR, E. R. da .; FERRETE, R. B. A música como recurso didático no Ensino Integrado. Educitec - Revista de Estudos e Pesquisas sobre Ensino Tecnológico, Manaus, Brasil, v. 10, n. jan./dez., p. e224824, 2024. DOI: 10.31417/educitec.v10.2248. Disponível em: https://sistemascmc.ifam.edu.br/educitec/index.php/educitec/article/view/2248. Acesso em: 19 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Ensino Tecnológico e Inovação: perspectivas para o futuro próximo
Received 2023-07-22
Accepted 2024-01-24
Published 2024-01-25